54 8128.5277 redacao@noticiasdebento.com.br

Escola Alfredo Aveline brilha no Prêmio Professores do Brasil

Instituição de ensino ganhou destaque estadual na 11ª edição da premiação nacional com o projeto Mostra Fotogeográfica, inspirada na obra Êxodos, de Sebastião Salgado.

16 Set. 2018 às 18:48

O Ministério da Educação divulgou em seu site, o resultado do 11º Prêmio Professores do Brasil. A Escola Municipal de Ensino Médio Alfredo Aveline é um dos educandários do estado que conquistou destaque no concurso que busca reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.

 

Baseada na mostra “Êxodos”, de Sebastião Salgado, que ficou exposta no Museu do Imigrante nos meses de março e abril deste ano, a professora de Geografia Eliana Passarin desenvolveu o projeto “Mostra fotogeográfica: Momentos de humanidade, mazelas do humano”.  Em torno de 130 alunos do Ensino Médio participaram do projeto que teve o objetivo de levar para a sala de aula um instrumento educacional que aliasse a fotografia (celular, câmera) em sintonia com o conteúdo ministrado em sala de aula.


CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE. É RÁPIDO E FÁCIL!!

 

O renomado fotógrafo Sebastião Salgado, em sua peregrinação profissional, retrata as mazelas da sociedade, as mudanças no espaço geográfico, as paisagens geográficas de diferentes lugares do planeta, evidenciando a importância da preservação e conservação ambiental.

 

Eliana ressalta que “vivemos imersos no mundo das imagens. O ensino de geografia tem na iconografia um campo aberto a ser desbravado. Para além dos registros cartográficos que se revelam por meio de mapas ou imagens de satélites, forma-se um outro conjunto abrangente de dados e informações que podem ser desvelados nas e pelas imagens. Levar a iconografia para a sala de aula se constitui uma possibilidade para ensinar geografia em uma perspectiva contemporânea e complexa”.

 

Dessa forma, foi proporcionada aos alunos uma experiência de vivências múltiplas, onde foi fomentado e incentivado o desenvolvimento de sua percepção e cognição frente a uma realidade em constante mudança. Do trabalho surgiram questionamentos de que maneira a fotografia é, ao mesmo tempo, retrato da realidade e/ou visão de mundo do fotógrafo.

 

Fotos: divulgação

MAIS NOTÍCIAS

Vinicius Benini é eleito novo presidente do Sindmóveis
Ganhadores do Carrinho Agas serão conhecidos nesta quarta-feira, 21
Devedores podem negociar suas dívidas pelo Programa Refis
Projeto que muda o Faps/Bento vai à votação na Câmara
Descentralização do Cadastro Único aumenta atendimentos