54 8128.5277 redacao@noticiasdebento.com.br

Pesquisa do Ibope centraliza briga entre Sartori e Eduardo Leite

Candidatos do MDB e PSDB aparecem tecnicamente empatados, com no mínimo 12 pontos percentuais de vantagem para os demais postulantes ao governo do estado

16 Set. 2018 às 18:46

 O candidato à reeleição ao governo do Estado, José Ivo Sartori (MDB), permanece na liderança das intenções de voto e subiu quatro pontos percentuais, para 29%, de acordo com a terceira pesquisa realizada pelo Ibope. O levantamento divulgado nesta quinta-feira, 13, mostra Eduardo Leite (PSDB) na segunda colocação, com 25% – sete pontos acima dos dados divulgados há uma semana. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, o que coloca ambos em empate técnico.

Miguel Rossetto (PT) aparece com 12%, dois pontos abaixo da semana anterior.  O candidato do PDT, Jairo Jorge, está com 7%, com um ponto a menos.  Na pesquisa passada, ambos estavam empatados tecnicamente com Leite na segunda colocação.  Os demais candidatos citados têm 1% cada.  

O Ibope mostra, ainda, que os eleitores estão mais decididos sobre em quem votar e optando por algum dos concorrentes ao Piratini. O percentual de indecisos caiu para 11%. No caso de branco ou nulo, passou para 13%.  

A pesquisa, realizada entre os dias 10 e 12 de setembro, entrevistou 1.204 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95% — isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. O levantamento foi contratado pela RBS Participações S.A e registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo RS-04827/2018.


CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE. É RÁPIDO E FÁCIL!!


Fotos: Divulgação

MAIS NOTÍCIAS

Vinicius Benini é eleito novo presidente do Sindmóveis
Ganhadores do Carrinho Agas serão conhecidos nesta quarta-feira, 21
Devedores podem negociar suas dívidas pelo Programa Refis
Projeto que muda o Faps/Bento vai à votação na Câmara
Descentralização do Cadastro Único aumenta atendimentos