×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

AGLOMERAÇÃO: Moradores reclamam de dificuldades em fazer denúncias

Telefones 153 e 190 não estão recebendo ligações de algumas operadoras de celular. Prefeitura colocou mais um número à disposição. Saiba onde ligar.

26/07/2020 01:26

A reportagem do NB Notícias vem recebendo desde a sexta-feira, 24, reclamações de moradores de Bento Gonçalves informando que não conseguem fazer denúncias de aglomerações na cidade. Ao ligarem nos números 153 e 190, indicados para informas as denúncias, as ligações são atendidas nas cidades de Caxias do Sul e Garibaldi.

Tanto na sexta-feira, 24, quanto no sábado, 25, os moradores não estavam conseguindo realizar as ligações para os números 153 e 190. As ligações estavam sendo direcionadas para Caxias do Sul (153) e para a cidade de Garibaldi (190). No sábado, 25, moradores informavam que houve aglomerações em vários bairros da cidade e também em localidades do interior, principalmente em campos de futebol. A Prefeitura de Bento Gonçalves colocou um novo número de telefone à disposição da comunidade.

Já se inscreveu no canal do NB no Youtube? Clique aqui e inscreva-se. Leva só 10 segundos

De acordo com a prefeitura de Bento Gonçalves, foi detectado um problema na recepção de ligações, principalmente no número 153. Já foi solicitada a manutenção para a operadora responsável. Até o conserto, as denúncias de aglomeração podem ser feitas no número (54) 3453-6794.  O número está ligado ao Centro Integrado de Operações da Brigada Militar (CIOP). As denúncias de aglomeração estão sendo verificadas pela fiscalização da prefeitura, com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e Brigada Militar. 

A Prefeitura de Bento Gonçalves ainda informou que neste fim de semana dois estabelecimentos já foram interditados por promover aglomerações. Também foram aplicados 15 autos de infração, notificação em aglomeração, em evento realizado em propriedade particular, além de 20 autuações por não utilização de máscara.

Fotos: Divulgação - Fonte: NB Notícias