×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

AULAS PRESENCIAIS: Como as escolas de Ensino Médio estão organizando o retorno em Bento

A partir da próxima segunda-feira, dia 21, instituições secundaristas das redes municipal e privada estão autorizadas a retomar atividades nos educandários. Confira como cada uma delas se posiciona sobre a volta

18/09/2020 05:44

A retomada das aulas presenciais em Bento Gonçalves, que teve início com a Educação Infantil, entra em uma nova etapa a partir da próxima segunda-feira, dia 21, data para a qual está autorizado o retorno das escolas de Ensino Médio da cidade. O primeiro educandário a abrir as portas será o Alfredo Aveline, única instituição secundarista da rede municipal.

Os protocolos a serem seguidos nesta fase também respeitarão a presença de, no máximo 50% da capacidade original das salas, além da adoção de uma série de medidas para prevenir o contágio por coronavírus, como distanciamento de alunos, funcionários e professores, higienização dos espaços e aferição da temperatura. Antes do regresso, todos os profissionais serão submetidos a testes rápidos disponibilizados pela prefeitura.

De acordo com o Poder Público, o horário adotado para o Alfredo Aveline será das 7h20 às 11h05. Os docentes terão cinco períodos diários de 45 minutos cada em sala de aula e ficarão mais 1h15 à disposição dos alunos que permanecem no ensino remoto, já que a volta é facultativa.

Mutirão mantém rotina diária on-line
O Colégio Mutirão Objetivo optou por dar prosseguimento ao ano letivo somente de forma on-line. Assim, as turmas de Ensino Médio da instituição permanecerão com as aulas diárias transmitidas ao vivo pela internet, no horário das 7h30 às 11h55.  Após reunião realizada no último dia 16, a decisão foi tomada em conjunto com as famílias.

Conforme a diretora Adriana Bettinelli Postingher, um dos motivos que levaram o Mutirão a optar por se manter no modelo digital é o sucesso verificado até aqui nesta nova modalidade. "A metodologia que estamos usando, mantendo a rotina de aulas, com todos os alunos de câmera ligada, está dando certo. No começo, foi um processo que exigiu um período de adaptação, mas o resultado que temos agora, inclusive com retornos muito positivos dos pais, nos mostra que é uma escolha acertada. É melhor continuarmos assim do que retornar seguindo um protocolo que pode mudar novamente com uma bandeira vermelha, por exemplo. Não vamos quebrar nosso planeamento com essas incertezas, entendemos que não é necessário colocar tudo em risco por três meses", ressalta.

Aparecida prepara aulas simultâneas
Primeiro entre as particulares a retomar os trabalhos presenciais para o Ensino Médio, o Marista Aparecida planeja o retorno para a quarta-feira, 23. A estrutura que o educandário está organizando permitirá que as mesmas aulas assistidas nas salas sejam transmitidas para os jovens que seguirem em casa por decisão das famílias – um dos objetivos é otimizar a atuação dos professores, evitando que haja uma jornada dupla. As avaliações, por sua vez, serão realizadas por todos no formato on-line.

Para aqueles que continuarem acompanhando as aulas de forma remota, a rotina será a mesma dos demais: os horários devem ser respeitados e a interação durante as classes será aberta para os dois grupos, presencial e virtual. "Na segunda-feira (dia 21), teremos o retorno de uma pesquisa que estamos fazendo junto às famílias, para sabermos quem pretende voltar agora. Respeitamos esse desejo de cada uma delas, por isso estamos dando a opção de que decidam o que consideram melhor neste momento. Pelo que sentimos, a maioria gostaria de voltar, então vamos garantir que isso ocorra da forma mais segura possível. Fomos uns dos primeiros de nossa rede a retornar com a Educação Infantil, e tem sido uma experiência muito boa até aqui", avalia o vice-diretor, Rosmar Rissi.

Sagrado espera mais semana
No Colégio Sagrado Coração de Jesus, o período ainda é de avaliação do retorno da Educação Infantil, que ocorreu há apenas uma semana. Por isso, a instituição deve retornar ao ensino presencial somente a partir do dia 28. "Queremos mais tempo, mais segurança para entendermos o que podemos melhorar em termos de organização", explica a diretora, Maria Diva da Silva.

Segundo ela, a aceitação do retorno dos estudantes de terceiro ano é praticamente integral, com algumas exceções em casos de doença ou de familiares em grupos de risco. Com relação às turmas de primeiro e segundo anos, a adesão também é maioria e, no entendimento de Maria Diva, deve aumentar nos próximos dias, quando a escola se reúne novamente com os responsáveis para tratar dos protocolos para a volta.

Medianeira não retorna em setembro
A reportagem não obteve retorno da direção do Colégio Scalabriniano Nossa Senhora Medianeira, mas uma nota no site oficial do educandário informa que as aulas presenciais não serão retomadas neste mês de setembro. Dessa forma, os alunos continuarão tendo acesso aos conteúdos on-line, tanto de forma síncrona (ao vivo) como assíncronas.

As escolas de Ensino Médio da rede estadual têm retorno facultativo previsto para 13 de outubro.

Fotos: Divulgação Smed-BG - Fonte: Jorge Bronzato Jr.