×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaBairrosCulturaVídeosEmpresas e Entidades

8 diferenças na forma de “vestir” as janelas atualmente

Confira essas diferenças apontadas por Lina Giacomello Tecidos.

14/11/2019 12:03

Cortinas de tecido trazem conforto e aconchego aos ambientes, sem deixar a praticidade de lado, veja o que mudou no uso desta peça fundamental na decoração, nas últimas décadas.

1 Menos é mais: antigamente ocupavam a parede toda, atualmente, usa-se a cortina apenas no espaço da janela. Margens de 20cm para cada lado já são suficientes.

2 Adeus rodízios: o antigo trilho de alumínio com rodízios que não eram nada práticos deram espaço aos varões e ao trilho tipo Suisso com deslizante de nylon.

3 Varões e ponteiras: os varões de madeira foram substituídos por produtos em metal, em várias opções de cor. Destaque para o preto, Golden rose e ouro velho que vem ganhando cada vez mais a preferência do consumidor, além do cromado, ainda muito utilizado. Ponteiras com e sem brilho ou acrílico e de diferentes tamanhos, agradam a todos os estilos.


4 A revolução do ilhós: o surgimento do ilhós, revolucionou o mercado das cortinas, pois permite uma mesma peça se adaptar a vários tamanhos de janela. Assim, hoje em dia é possível comprar cortinas já prontas. Mas fique de olho na quantidade de tecido, para não se decepcionar na hora da instalação, o ideal é usar  2mt de tecido para cada metro de janela.

5 Varão deslizante: a mistura do varão com o trilho tipo Suisso deu origem ao varão que é usado com deslizantes. São várias opções de cor e o acabamento é super elegante. Pela possibilidade de uso em vãos grandes, tem sido muito utilizado em sacadas.

6 Modelo Wave: o modelo wave entrou no mercado, complementando modelos clássico e ainda muito utilizados como o franzido e as pregas.

7 Tecidos com blackout: com opção de vedação de 80% e 100% dos raios solares, são fundamentais para quem precisa escurecer o quarto e vem ganhando muitos adeptos para uso também em outros ambientes pois trazem privacidade, conforto térmico e acústico. A dica é instalar a cortina no teto e fazer o caimento até o chão, para evitar a passagem de luz solar nas bordas.

8 Diversidade de textura: não apenas cores diferentes, mas também texturas que imitam linho ou tricô, listras, bordados e gravações trazem opções de tecidos que se adaptam ao gosto de cada cliente. 

O que não mudou com o tempo? Cortinas de tecido são muito democráticas! Por serem produtos personalizados se adaptam ao orçamento e às preferências pessoais de cada cliente. 

Rua Olavo Bilac, 605 Bento Gonçalves
(54) 3452-1617

Fotos: Lina Giacomello - Fonte: Divulgação