×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

APAE: Novo prédio da entidade de Bento será modelo nacional

Obra de 2.500m² no bairro Imigrante está em fase final de construção irá oferecer aos alunos hidroterapia, equoterapia, além de atendimento com fisioterapeuta, psicólogo e fonoaudióloga.

23/09/2020 06:34

A aproximação do término das obras da nova sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Bento Gonçalves (Apae-BG), traz consigo muito mais que a materialização do sonho de milhares de pessoas. Ela firma o início de um marco estrutural inédito em território nacional, apoiado na aplicação de tecnologias e processos inovadores na execução da obra, que reduzem a necessidade de manutenção e proporcionam aos educadores e funcionários mais tempo e energia para se dedicarem ao que realmente importa: dar atendimento e amor às crianças e adolescentes com necessidades especiais.  

O complexo, que está situado na rua Domênico Marini, no bairro Imigrante, será equipado com piscina, aquecida por meio de placas solares, sistema de captação de água da chuva, isolamento térmico e acústico, vidros laminados, ar condicionado em todos ambientes e sistema de monitoramento por câmeras e internet via Bluetooth, com antenas instaladas em todos o perímetro da escola ampliando o alcance para todas dependências. Além disso, o uso de modernos painéis fotovoltaicos deverão proporcionar uma redução considerável ou mesmo zerar os custos com energia elétrica. “Estamos na fase final, a construção está toda edificada e revestida, agora temos um prazo curto para concluir as atividades de construção e entregar ao público os 2.500 m² em uma área de 20 mil m² para a população que vai usufruir o que a escola tem pra oferecer”, adianta Paulo Pompermayer, diretor e engenheiro da Forma Espaços Imobiliários, empresa que edifica a obra.

O projeto, fruto de pesquisa e dedicação de todos da equipe responsável pela nova sede, também contou com a expertise do arquiteto Fernando Pasquali e deverá servir como modelo para construções em outras cidades que também buscam “mudar para evoluir”, slogan que acompanha a obra desde sua idealização. “Como arquiteto, me orgulho de todos os trabalhos, mas têm alguns que nos dão uma satisfação maior como o da APAE. Nossa intenção era criar um espaço da melhor forma possível, dando suporte para o desenvolvimento humano, junto com todas as atividades educacionais, salas de vídeo, arte, hábitos de vida diária e integração social. Queremos que tenha um ganho emocional para os alunos e os usuários deste espaço”, explica o profissional. A Apae-BG deverá ser concluída no primeiro trimestre de 2021.

Proporcionar um ambiente com muito mais qualidade de vida e espaço amplo para os alunos é motivo de emoção para Paulo Ranzi, presidente da APAE-BG. “Eu acompanhei uma época muito boa da entidade, mas com o passar do tempo a situação foi alternando. A nova sede é a oportunidade de oferecer um ambiente melhor aos nossos alunos, com mais opções em espaço, acessibilidade, tecnologia que traz um conforto, ou seja vamos ter a oportunidade de melhorar o que temos hoje e voltar a atender com hidroterapia, equoterapia, o centro clínico bem mais equipado com fisioterapeuta, psicólogo e fonoaudióloga, entre tantas outras coisas. Eu fico muito feliz, pois só quem vivencia o trabalho sabe o quanto é gratificante”, conta.

A APAE-BG atua com três grupos de atendimento: a escola regular, que funciona segundo a legislação do Ministério da Educação (MEC), com aproximadamente 60 alunos; o centro de convivência, que é frequentado pelos alunos que já concluíram a escola, mas precisam da integração social, com 45 alunos; e o Centro Clínico, que atende todas as áreas da Saúde com média de 200 casos por mês.



Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação