×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVídeos

Bento terá sua primeira representante mulher no Mundial de Muay Thai

Vandressa Balestra Pellizzari conciliou o trabalho, as funções de mãe e dona de casa e os treinamentos para conquistar a tão almejada convocação para a principal competição da modalidade no mundo.

17/01/2020 06:44

O município de Bento Gonçalves já revelou inúmeros campeões mundiais de Muay Thai e tem como tradição contar com representantes na maior competição da modalidade no mundo. Porém, em 2020, a edição do Mundial será especial para o Muay Thai de Bento Gonçalves. Pela primeira vez na história o município contará com uma participante mulher no torneio. Vandressa Balestra Pellizzari vai realizar o sonho de participar do torneio, que ocorre entre os dias 11 a 20 de março, em Bangkok, na Tailândia. 

Nas últimas edições do Mundial, os atletas de Bento Gonçalves, da equipe Garra Team, levaram para casa, ao menos, um cinturão a cada ano. No ano passado, a jovem revelação bento-gonçalvense, Kaua Mattoso dos Santos, conquistou o bicampeonato Mundial de Muay Thai 2019. Além dele, Estevão Beninca também disputou a competição, mas não alcançou o título. 

Em 2020, o Mundial será especial para o Muay Thai de Bento Gonçalves. Pela primeira vez uma mulher bento-gonçalvense vai disputar o torneio na Tailândia. Vandressa Balestra Pellizzari vai representar o público feminino na maior competição da modalidade. “Me sinto grata, é uma honra receber uma convocação dessa, poder levar o nome da nossa cidade para o mundo. E muito mais que isso, representar as mulheres daqui, a garra e força, todo o esforço que todas nós mulheres encaramos diariamente. Gratidão é o sentimento”, ressalta Vandressa. 

Os desafios que ultrapassam os limites dos rings

Mãe, dona de casa e trabalhadora, Vandressa faz um expressivo esforço para encontrar um espaço em sua rotina para direcionar suas atenções para os treinamentos. O foco e a determinação lhe renderam um grande presente em 2020 com a convocação para o Mundial. “Sou esposa e, como toda mulher, temos várias profissões: professora, cozinheira e muito mais para os nossos filhos, a rotina é desgastante, mas eu sou focada, eu decidi começar a competir e levei isso muito a sério. O esporte ganhou meu coração”, explica a atleta. 

Em 2019, Vandressa foi campeã brasileira de Muay Thai na categoria Estreante Sênior Feminino até 54 kg. O título, segundo a atleta, foi o resultado de muito esforço e, sobretudo, foco nos seus objetivos no esporte. “Precisamos ser fortes, conciliar a vida normal com os treinos, acordar mais cedo que o normal para levar a nenê na creche e sobrar um tempinho pra conseguir treinar. O frio, o calor, a preguiça, o psicológico esses são os principais desafios, pois se focar no objetivo, depende apenas de você se vai conseguir ou não”, comenta. 

Vandressa optou por realizar aulas de Muay Thai para perder peso, mesmo objetivo que grande parte das mulheres que começam na modalidade. Porém, ao longo dos treinamentos, a atleta percebeu que o esporte vai muito além que apenas ajudar a emagrecer. “Eu quero mostrar para essa mulherada que o Muay Thai muda a vida da gente e vai muito além de perder peso. Ele muda nossa consciência sobre tudo, nossos atos, ele de fato muda a vida para a melhor, com certeza, e eu espero ser uma inspiração e poder ouvir meu nome com um sorrisão no rosto: ‘Olha lá a Vandressa, ela é a nossa campeã mundial’”, relata a bento-gonçalvense. 

Atleta busca ajuda para arrecadar recursos para viabilizar a participação no Mundial

O custo para participar da maior competição da modalidade no mundo é praticamente arcado pelos próprios atletas convocados. Desta forma, Vandressa preparou ações para arrecadar recursos financeiros para viabilizar a participação no Mundial.

Vandressa fez camisetas que podem ser encomendadas com a atleta no valor de R$ 40,00. Além disso, a bento-gonçalvense está vendendo rifas no valor de R$ 5, e realizando uma “Vakinha online”, que pode ser acessada no seguinte link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/mundial-na-tailandia-vandressa-balestra-candido.

No dia 15 de fevereiro, será realizado um jantar para também arrecadar recursos para a viagem. A atleta também busca patrocínio de empresas para auxiliar nos custos e concretizar o seu sonho em disputar o Mundial de Muay Thai de 2020. 

Fotos: Divulgação - Fonte: Notícias de Bento