×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

Com o retorno dos treinos, Esportivo busca seguir à risca o decreto municipal

Clube foi o primeiro a retomar as atividades no Estado, após a divulgação do decreto que flexibilizou as atividades esportivas em Bento Gonçalves.

16/04/2020 10:19

O Esportivo surpreendeu ao retomar as atividades na tarde desta quinta-feira, dia 16, sendo o primeiro clube do Estado a retornar aos gramados em meio à pandemia do novo coronavírus. No entanto, o alviazul tenta seguir com rigidez as recomendações impostas no novo decreto municipal, divulgado na manhã desta quinta pelo prefeito Guilherme Pasin. A retomada dos treinamentos, sobretudo, evidencia as expectativas da direção pelo retorno do Campeonato Gaúcho de 2020. 

O treinamento comandado por Carlos Moraes foi peculiar. Em um campo reduzido, os atletas treinavam “dois passes”, enquanto que os demais jogadores aguardavam, um distante do outro, para participar do trabalho. “Sabemos que é difícil ter a questão de distanciamento no futebol, que é um esporte coletivo, mas estamos tentando readaptar os treinamentos para que consigamos manter alguma distância e tentar buscar um recondicionamento em cima disso, num primeiro momento, até que tenhamos a segurança total para retornar o treinamento de uma forma ideal”, explica o técnico. 

Além de uma espécie de treinamento adaptado, outras ações fora das quatro linhas foram determinadas pela direção do Esportivo para cumprir com as exigências do decreto municipal. Quem tiver acesso ao clube terá a sua temperatura medida diariamente; no refeitório não haverá mais buffet, mas sim “pratos feitos”, além de outras ações como o uso de máscaras e álcool gel e a limpeza dos equipamentos de academia e afins. No primeiro dia de treinamento, algumas dessas medidas ainda não foram colocadas em prática, no entanto, a direção afirma estar se adequando para atender a todas as recomendações.

Para o presidente do clube, Laudir Piccoli, o Esportivo está disposto a obedecer a todas as exigências do decreto municipal na retomada das atividades. “Queremos deixar bem especificado a responsabilidade do Clube Esportivo no que diz respeito às normas, àquilo que temos que ter cuidado, com a higiene, com limpeza, com o cuidado com a saúde dos jogadores e com qualquer ser humano aqui. O Clube Esportivo entende que não podemos deixar o trabalho de lado. O resultado vem através do trabalho”, salienta. 

O atleta Lucas Hulk ressaltou que a direção está auxiliando os atletas para que todas as medidas sejam cumpridas neste retorno aos treinamentos. “O Esportivo está seguindo toda a orientação passada pela prefeitura. Nós atletas estamos recebendo cartilha, orientações, e estamos seguindo à risca isso aí. Acreditamos que esse período de preparação é importante. Retornando mais cedo temos condições de colocar a nossa forma física em dia”, comenta o volante. 

De acordo com o preparador físico, Gustavo Corrêa, os treinamentos serão similares aos trabalhos que foram realizados na pré-temporada, visando recondicionar os atletas fisicamente e à rotina dos treinos. “Tivemos uma parada de 31 dias. A ideia é que a gente consiga readaptar os jogadores à condição física que tínhamos alcançado até aquele momento na competição. Da mesma forma que trabalhamos na pré-temporada, com bola desde o início, essa readaptação também vai acontecer com trabalhos com bola dentro das restrições que temos que respeitar neste momento”, explica. 

Fotos: Kévin Sganzerla - Fonte: NB Notícias