×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

Esportivo inclui atletas e colaboradores na MP do Governo Federal

Medida Provisória (MP) 936 permite que o clube reduza a carga horária e os salários dos seus funcionários num período de três meses.

11/05/2020 09:41

A diretoria do Esportivo, visando manter a saúde financeira do clube, vai incluir os jogadores, comissão técnica e demais funcionários na Medida Provisória (MP) 936, do Governo Federal. A ação vai permitir que o clube reduza a folha salarial e a carga horária dos seus colaboradores por um período de até três meses. 

O presidente do Esportivo, Laudir Piccoli, prevê uma economia de 70% nos cofres do clube. O mandatário afirma que a alternativa foi optada por conta da indefinição quanto ao retorno do Campeonato Gaúcho e devido à preocupação para que o clube permaneça com as contas em dia junto aos seus colaboradores, visando manter a tradição de honrar com os seus compromissos. 

Durante a paralisação da competição estadual devido à pandemia do coronavírus, o Esportivo, em comum acordo com o elenco e a comissão técnica, efetuou novos contratos com uma redução de 70% da folha salarial, visando manter o vínculo dos profissionais com a expectativa que o Gauchão seja retomado em breve. Agora, o acerto será incluído na MP do Governo Federal. 

Esportivo realiza promoção para sócios-torcedores

O clube bento-gonçalvense está realizando uma promoção para os sócios-torcedores alviazuis. Aqueles que estiverem com as mensalidades em dia vão concorrer a uma camisa oficial do Esportivo. A ação é uma forma de manter os sócios engajados com o clube e conter a inadimplência. 

De acordo com o Vice-Presidente de Finanças, Leocir Glowacki, o clube teve uma queda de 11% no quadro social, contando atualmente com aproximadamente 600 sócios-torcedores. O torcedor que deseja se associar no Esportivo pode fazê-lo clicando AQUI.

Fotos: Kévin Sganzerla - Fonte: NB Notícias