×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Farrapos desiste de jogar o Super Sevens

Por conta dos altos custos e do corte de cerca de 50% do número de beneficiados pelo Bolsa-Atleta, o clube optou por não participar da edição da competição nacional deste ano.

10/01/2019 08:07

O Farrapos confirmou sua desistência de disputar o Super Sevens - Campeonato Brasileiro de Rugby Sevens, em 2019. Por conta dos altos custos e do corte de cerca de 50% do número de beneficiados pelo Bolsa-Atleta, o clube optou por não participar da edição da competição nacional deste ano. A equipe Alviverde inicia os trabalhos dentro de campo no dia 26 de janeiro, visando exclusivamente as competições estaduais do primeiro semestre. A competição, que seria realizada no final de 2018, foi adiada para os meses de janeiro e fevereiro deste ano, ainda sem local confirmado. Com a vaga garantida, o Farrapos já se programava para a disputa do campeonato nacional da modalidade olímpica do rugby. No entanto, o corte no orçamento nos últimos dias de Governo Temer reduziu pela metade o número de beneficiados pela verba, tendo como consequência a retirada das bolsas da competição, as quais fazem parte da premiação do Super Sevens. De acordo com um dos membros da direção do Farrapos, Fabiano Ferrari, o custo para participar da competição seria muito alto para um campeonato que não teria retorno algum para o clube. "Não vamos participar por conta do corte do Bolsa-Atleta. O investimento para ir até lá é muito alto. Nós teríamos que bancar a passagem, hospedagem para ir e jogar por jogar. Jogaríamos um campeonato que teria um custo de R$ 20 mil e sem ter nada de retorno. Desta forma optamos por não participar", afirma Fabiano Ferrari.

ATLETAS BENTO-GONÇALVENSES PERDEM O BOLSA-ATLETA

Até então, três atletas de Bento Gonçalves eram amparados pela verba federal. A medida de Temer concretizada em seu final de mandato fez com que parte das categorias beneficiadas fossem cortadas do Bolsa-Atleta, a exemplo das categorias atleta estudantil e atleta de base. Com isso, dois dos atletas de Bento perderam o auxílio. O atleta de Downhill e de Mountain Bike Lucas Bertol, o qual é um dos destaques das modalidades no Estado, permanece recebendo o auxílio do Bolsa-Atleta para 2019. Já Hélen Spadari, atleta de atletismo, e Paula Panno, atleta de vôlei que integra as categorias de base da ADC Bradesco, perderam a verba. Apesar do auxílio cortado para as atletas, o valor recebido não era capaz de cobrir todos os gastos demandados, porém era significativo para custear treinamentos, viagens e outras ações.

Fotos: Divulgação - Fonte: Notícias de Bento