×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

FUTEBOL: No retorno aos treinos, Esportivo sub-17 mantém esperanças em competir

Mesmo sem previsão para competições de base, devido à pandemia, grupo de atletas treina para voltar à rotina de trabalhos dentro de campo

24/09/2020 01:33

Depois de praticamente seis meses de paralisação das atividades dentro das quatro linhas, a motivação para o retorno dos trabalhos nos gramados surge de forma automática e instantânea, sobretudo com o anseio em voltar a competir. Mesmo sem previsão para o retorno das competições, os jovens atletas da equipe sub-17 do Clube Esportivo retomaram os treinamentos há pouco mais de uma semana, com trabalhos realizados em grupos separados no campo suplementar. 

Confira os protocolos seguidos pela base do Esportivo para o retorno

Mesmo inacabado, o campo suplementar, localizado ao lado do Estádio Montanha dos Vinhedos, está sendo utilizado pela categoria sub-17 para o retorno das atividades. Logo nas primeiras semanas, os trabalhos foram realizados com bola, porém sem contato físico. 

A retomada foi marcada pela furror dos atletas em voltar a ter o contato com o gramado, com a bola e em retornar à rotina de treinamentos no clube, como relata o preparador físico Vinícius Stringhini Casagranda: “Os garotos estão com muita vontade. Para eles, depois de seis meses parados e no auge da idade para ir para um profissional, estar voltando aos treinamentos a motivação é a melhor possível”, comenta. 


Além de Vinícius, o técnico Márcio Ebert, e os demais professores Everton Luiz Costa de Souza e Rafael Prerniska comandam os treinos de forma revezada (Foto: Kévin Sganzerla)

O preparador físico da equipe salienta, sobretudo, que o desafio principal neste momento é a readaptação dos trabalhos de acordo com as restrições impostas pelos protocolos. “Estamos tentando adaptar. Claro que gostaríamos de trabalhar com o grupo todo e conseguir abranger todos os aspectos do jogo, tanto físico, técnico como tático, Com os grupos reduzidos, procuramos modelar os trabalhos para conseguir agregar todos esses aspectos do jogo em um trabalho isolado”, explica. 

A prioridade dos trabalhos neste período inicial de retomada, segundo Vinícius,  será o condicionamento físico dos atletas, uma vez que estiveram quase que inativos durante seis meses. “Nesta retomada, como não tem previsão de competição, vamos priorizar a parte física e deixar eles no auge para quando houver competição. Sempre temos a expectativa que tudo se normalize e que possamos estar competindo mesmo que seja em competições regionais”, explica.


FGF cancelou o Campeonato Estadual Sub-15 e Sub-17

De acordo com o técnico da categoria sub-17, Márcio Ebert, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) já sinalizou que não haverá campeonatos estaduais das categorias sub-15 e sub-17. No entanto, a entidade não descarta a realização de torneios regionalizados até o final do ano, caso houver a possibilidade conforme liberação dos órgãos responsáveis. 

Mesmo que não se tenha competições para disputar, o Esportivo almeja manter os atletas em atividade com a realização de amistosos. “O objetivo é manter a forma deles nos quatro pilares, que são físico, técnico, tático e cognitivo. Se não tiver campeonatos, a ideia é fazer amistosos, depois que for liberado o jogo coletivo para essas categorias amadoras”, explica. 


Técnico da equipe sub-17 Márcio Ebert foi auxiliar técnico do Esportivo no Gauchão 2020. (Foto: Kévin Sganzerla)

Com tratativas para a formação de uma categoria sub-19 no clube para 2021, a expectativa é de que os atletas que estão em seu último ano de base no Esportivo possam ter a oportunidade, a qual não foi lhes dada neste ano por conta da pandemia, para demonstrar serviço dentro das quatro linhas visando um espaço no profissional. 

“Estive conversando previamente com a direção, mas isso precisa de um debate e estudo maior, e a ideia é de estarmos jogando com a sub-17 e a sub-19 em 2021. Acredito que com o material humano que temos seriam as duas categorias interessantes dentro do desenvolvimento do que o clube investiu e de um aproveitamento de um material humano muito bom”, relata Márcio Ebert, que está desde 2016 no cargo de treinador da categoria sub-17 do Esportivo. 

Fotos: Kévin Sganzerla - Fonte: NB Notícias