×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

“Houve o entendimento entre a FGF e o Esportivo”, explica o presidente Laudir Piccoli

Clube decidiu por novamente suspender os treinamentos por tempo indeterminado até que a entidade dê uma definição oficial sobre a possível retomada do Gauchão

22/04/2020 10:13

Depois de voltar aos trabalhos dentro de campo, na última quinta-feira, dia 16, o Esportivo, após reunião entre os representantes dos 12 clubes do Gauchão e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, suspendeu novamente os treinamentos por tempo indeterminado. De acordo com o presidente do clube, Laudir Piccoli, houve, nesta quarta-feira, dia 22, o entendimento entre a entidade e o Esportivo quanto à determinação imposta aos clubes pela Federação. 

Segundo o presidente, a suspensão dos trabalhos se deu unicamente pelo fato de o Clube Esportivo “se entender” com a determinação da FGF. Laudir explica que, em uma ocasião anterior ao da assinatura dos novos contratos dos atletas, o presidente da FGF colocou uma mensagem de texto, no grupo dos presidentes, de que a orientação dos dirigentes da CBF era de dar mais 10 dias de férias aos clubes de divisão nacional. 

A determinação, no entanto, foi entendida de uma forma distinta pela direção do Esportivo. “Posteriormente ele mandou uma outra mensagem. Aquilo que era uma orientação virou uma determinação: ninguém faz nada até o dia 30. Como o Esportivo não disputa campeonato nacional, entendemos que estávamos liberados para treinar. Aí que aconteceu todo o conflito”, comenta. 

Na reunião realizada nesta quarta-feira, dia 22, na qual foram definidas possíveis diretrizes para o retorno do Gauchão, Laudir salienta que houve o entendimento da determinação, a qual servia para todos os clubes. “Não voltamos atrás. Na reunião de hoje houve o entendimento de que a FGF, na realidade, estava informando para todos os clubes, não só para os de divisão nacional. Fiz minhas colocações e esclareci para todos os presidentes dos clubes que em nenhum momento o clube quis afrontar a Federação. Entendemos naquela ocasião que a determinação só era para clubes de competição nacional”, esclarece o presidente. 

Portanto, o clube, indo de encontro da determinação da FGF, que havia demonstrado insatisfação quanto ao retorno dos treinamentos, decidiu por suspender novamente as atividades por tempo indeterminado, até que uma definição oficial sobre o possível retorno do Gauchão seja divulgada pela entidade. “Suspendemos os treinos de comum acordo com a FGF. Estamos entendidos”, confirma Laudir Piccoli. 

De acordo com a programação semanal, o Esportivo teria treinos nos turnos da manhã e da tarde desta quarta-feira, mas todas as atividades foram canceladas, antes mesmo da reunião. Uma nova videoconferência será realizada no dia 1º de maio para debater o futuro do Gauchão de 2020.  

Fotos: Kévin Sganzerla - Fonte: NB Notícias