×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaBairrosCulturaVídeosEmpresas e Entidades

Projeto de Lei vai reduzir a contrapartida das empresas que financiam projetos do Pró-Esporte RS

A PL 01/2020 foi sancionada nesta segunda-feira, 17, pelo governador Eduardo Leite que, na ocasião, recebeu uma camisa oficial do BGF entregue pelo técnico do clube, Vaner Flores.

17/02/2020 09:47

O governador do Estado, Eduardo Leite sancionou, nesta segunda-feira, dia 17, no Palácio Piratini, o Projeto de Lei 01/2020 que reduz a contrapartida das empresas que financiam projetos do Pró-Esporte de 25% para 10% e 5% que são destinados ao Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie). Na ocasião, participou do ato o técnico do Bento Gonçalves Futsal, Vaner Flores, que entregou uma camisa do clube ao governador. 

A redução no percentual da contrapartida das empresas vai favorecer a captação e a parceria entre empresas e associações e entidades que utilizam os projetos para a fomentação do esporte na sociedade. “Com o percentual de contrapartida de 25%, se percebe uma dificuldade maior para conseguir financiamento das empresas patrocinadoras. A partir de agora com os 10% e 5%, vai se tornar viável captar esses recursos com as empresas, principalmente para o esporte amador”, salientou o atleta Roberto Leite Rodrigues Júnior, que obteve cinco medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Ciclismo em 2019, e possui apoio do Pró-Esporte RS.

Dentre os vários representantes do desporto gaúcho, esteve presente o técnico Vaner Flores, do Bento Gonçalves Futsal, que possui o projeto “BGF é Série Ouro”, aprovado junto ao Pró-Esporte RS LIE, que ajudou o clube a se reerguer no âmbito estadual após anos enfrentando dificuldades financeiras.

O secretário em exercício do Esporte e Lazer, Jaderson Maretoli, também participou do ato de assinatura que sancionou o PL 01/2020, que dispõe sobre o Pró-Esporte RS. Maretoli destacou que essa é uma conquista histórica para o esporte esperada há oito anos, onde quem vence é a população. "Concordamos com o governador Eduardo Leite, que destacou em seu discurso que essa redução fomenta o esporte. Porém o mais importante é que traz mais qualidade de vida para a população que também ganha em educação e saúde", afirmou.

Após a publicação da lei, o Estado tem o prazo de 90 dias para a regulamentação do decreto. Na sequência, será publicada uma nova Instrução Normativa que vai estabelecer as regras de funcionamento do Pró-Esporte RS LIE.

Fotos: Divulgação - Fonte: NB Notícias