×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Volante do Esportivo relata a nova rotina do clube no retorno às atividades

Em meio à pandemia, alviazul retomou os trabalhos dentro de campo na quinta-feira, dia 16. O volante Robert relatou como foi, na prática, o segundo dia de treino e as mudanças na rotina de trabalho no clube.

17/04/2020 10:15

Com as restrições e as recomendações impostas no decreto municipal, o volante Robert, assim como os demais atletas do Esportivo, primeiro time do Estado e, possivelmente do país, a retomar as atividades em meio à pandemia, teve a sua rotina no clube significativamente modificada. O alviazul retornou aos treinamentos na quinta-feira, dia 16, logo após a divulgação do novo decreto municipal, que flexibilizou as atividades esportivas em Bento Gonçalves, tornando “juridicamente” possível a volta dos trabalhos dentro de campo. 

A repercussão diante do fato foi muito expressiva no país, e gerou debates se o clube estaria prejudicando os atletas e a comunidade bento-gonçalvense com a volta dos treinamentos. O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, em entrevista ao Globoesporte.com, afirmou não concordar com a atitude do clube. Segundo a direção, o Esportivo não mede esforços para cumprir com todas as restrições e recomendações presentes no decreto municipal. 

O volante do Esportivo, Robert de Souza, de 27 anos, que está há duas temporadas no clube, relatou para a reportagem do NB Notícias como foi o seu dia no Estádio Montanha dos Vinhedos nesta sexta-feira, dia 17, desde o momento em que acordou até a finalização dos trabalhos em campo. 

A nova rotina no clube:

Pela manhã, o jogador acordou cedo para se deslocar até o centro para outros compromissos. “Como moro aqui no alojamento, acordei cedo, pois precisava ir no centro e desci para tomar café. Na administração, o Gustavo Pozza (funcionário do clube) mediu a minha temperatura e anotou em uma planilha, no registro. Quando fui tomar café, fiz a higienização das mãos na entrada, pois há uma garrafinha de álcool gel assim que a gente entra no refeitório. Depois, Gustavo me deu uma máscara para usar quando fui ao centro”, relata. 

No almoço, Robert afirma que a disposição das mesas foi alterada, deixando um espaçamento maior entre uma e outra."No almoço no clube, uma mulher estava ali para nos servir, uma vez que ninguém está se servindo mais no buffet. Assim que fui ao vestiário para o treinamento da tarde, aqueles que moram fora do alojamento tiveram a temperatura medida também. Nós nos fardamos em grupos de cinco ou seis no vestiário e subíamos para o campo”, comenta. 


Dentro das quatro linhas, o técnico Carlos Moraes comandou um treinamento de campo reduzido. Assim como no primeiro diada retomada às atividades, o grupo de atletas foi mais uma vez dividido em quatro times. “Dois times treinavam e dois ficavam de fora aguardando para evitar uma aglomeração. Tivemos um trabalho de quase uma hora, com um trabalho de campo reduzido. Quando acabou o treinamento descíamos em cinco em cinco para tomar banho e se preparar para ir para casa ou para o alojamento”, explica Robert.  

Na ocasião, Robert não realizou exercícios na academia, mas o atleta salientou que também há medidas protetivas para a utilização dos equipamentos. “Na academia, opreparador físico Gustavo está dividindo os grupos, 5 ou 4 pessoas por vez. Nós limpamos as mãos antes e, com álcool gel, higienizamos os aparelhos e o local depois que utilizamos”, salienta. 

Para Robert, a nova rotina, por ser atípica, está sendo uma experiência bastante diferente, mas explica que é necessário seguir todos os cuidados para evitar quaisquer tipos de contaminação. “Futebol é resenha, é aglomeração mesmo de jogadores, tem aquela coisa de mais proximidade, mas devido a essa pandemia e às restrições, nós devemos respeitar e estamos respeitando. O Esportivo está trabalhando minuciosamente quanto a isso”, comenta o jogador. 

A direção do Esportivo têm expectativas altas de que o Gauchão de 2020 possa ser retomado em breve. A definição do futuro da competição deverá ocorrer no dia 30 de abril. 

Fotos: Kévin Sganzerla - Fonte: NB Notícias