×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Volante Lucas Hulk não é mais jogador do Esportivo

Atleta, de 27 anos, foi um dos destaques da equipe alviazul na campanha até aqui no Campeonato Gaúcho de 2020. Jogador vai reforçar o Ferroviário-CE, onde atuará na Série C do Brasileiro.

15/06/2020 06:34

O volante Lucas Almeida, mais conhecido como Lucas Hulk, de 27 anos, não é mais jogador do Clube Esportivo. Após uma passagem marcante no alviazul, onde foi titular e um dos destaques da equipe comandada por Carlos Moraes, Hulk encerrou o seu vínculo com o clube de Bento Gonçalves para voltar ao futebol nordestino. O atleta vai reforçar o elenco do Ferroviário, do Ceará, para a Série C do Campeonato Brasileiro. 

Em sua primeira oportunidade no futebol gaúcho, Lucas Hulk foi peça fundamental na equipe do técnico Carlos Moraes e titular em todos os jogos em que entrou em campo, disputando sete dos oito confrontos realizados até então na competição estadual. Essa é a segunda perda no elenco do Esportivo durante o período da pandemia. Além de Hulk, o volante Washington havia se desligado do clube ainda no mês de abril. 

Em sua rede social, Hulk agradeceu a confiança do clube e da torcida: “Agradeço ao presidente Laudir e toda direção do clube pelo profissionalismo e trabalho de excelência. Agradeço a comissão técnica e atletas pelo convívio e aprendizado. Fica meu carinho e respeito aos torcedores. À cidade de Bento Gonçalves levarei comigo os dias vividos nessa cidade maravilhosa que aprendi a amar e cuidar. Nunca é um adeus e sim um até logo”, comentou o atleta. 

Após o término do Campeonato Gaúcho, alguns atletas que fazem parte do elenco alviazul deverão se transferir para o Pelotas para atuar na Série D do Campeonato Brasileiro. Segundo a imprensa de Pelotas, o goleiro Renan, o volante Galiardo e os atacantes Marcão e Gustavo Sapeka são alvos do clube áureo-cerúleo. 

O Esportivo segue com seus treinamentos paralisados, e não poderá retornar às atividades por, pelo menos, duas semanas, uma vez que a Serra Gaúcha foi classificada com a bandeira vermelha (risco alto de contaminação) na nova atualização do modelo de distanciamento controlado do Governo Estadual. Apesar de a volta do Gauchão estar previsto para o dia 19 de julho, o reinício da competição no próximo mês é uma incógnita. 

Fotos: - Fonte: