×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVídeos

César Gabardo anuncia saída do MDB

Advogado apresentou seu pedido de desfiliação do partido nesta quinta-feira, 15, à Executiva Municipal. Futuro político é incerto.

17/10/2019 02:55

O MDB sofreu uma baixa importante entre os filiados do partido. O advogado e ex-candidato a prefeito, César Gabardo, apresentou seu pedido de desfiliação da sigla nesta quinta-feira, 15. Ainda não está certo qual será o seu destino político.

Em sua conta no , Gabardo anunciou a decisão e colocou a conta na postura adotada pelo partido na esfera nacional. Em relação à Executiva Municipal, nada declarado oficialmente, porém, nos bastidores, falava-se muito em uma disputa interna entre ele e Alcindo Gabrielli pelo comando das ações dentro do partido. Nem a eleição do vereador Idasir dos Santos, que foi chamado de presidente do consenso, demoveu Gabardo de deixar o MDB.

A saída de Gabardo do MDB já era esperada no meio político, porém, o maior questionamento é saber para onde ele vai. A reportagem apurou e fez o levantamento de quatro possibilidades para o futuro político do advogado:

Gabardo no PTB - Esta é uma possibilidade que não pode ser descartada e hoje é uma das mais prováveis que pode acontecer. As informações de bastidores é de que Gabardo tem conversado seguidamente com a cúpula do PTB e poderia entrar e ser protagonista dentro da sigla, tornando-se uma voz forte nas negociações para as eleições 2020.

Gabardo no Podemos - Esta seria uma alternativa mais delicada, porém não descartada. Começar um partido do zero poderia dar mais identidade a tudo aquilo que Gabardo pensa da política. Uma composição com alguns puxadores de voto e, quem sabe, vereadores estariam no espectro da nova sigla. Seu nome já tem a bênção do senador Alvaro Dias e também da cúpula do partido em Caxias do Sul.

Gabardo no PDT - Talvez como uma última alternativa de continuar no meio político Gabardo fosse ao PDT. Indo para a sigla, dificilmente teria o protagonismo que ele busca, apesar de sua entrada dar um upgrade interessante para o partido.

Gabardo fora da política - Também é grande a possibilidade de que Gabardo não se filie a nenhum partido e vire o foco para seus negócios. Atualmente, ele está realizando investimentos em várias áreas, além de manter seu escritório de advocacia. Apesar de ter apenas 47 anos, ficar mais próximo da família também seria um motivo para ele pensar em largar a política por enquanto.  

Fotos: Divulgação - Fonte: Notícias de Bento