×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Com déficit de R$ 8 milhões, Saúde fecha posto de São Pedro

Segundo secretário Diogo Siqueira, medida é temporária para readequação financeira. Ação também vai reduzir atendimentos em outras três unidades.

22/03/2017 07:49

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia nesta semana a implantação de uma série de medidas para diminuir e readequar os gastos no setor. O objetivo é reorganizar a pasta para que a secretaria se enquadre no orçamento de R$ 100 milhões previstos para 2017. A readequação passa pelo quadro funcional, revisão de contratos,  e aproveitamento de servidores concursados, com o objetivo de diminuir um déficit de aproximadamente R$ 8 milhões.

A medida afeta diretamente o atendimento à comunidade em alguns bairros e localidades do interior. Dentro desta readequação, foi fechado o Posto de Saúde do distrito de São Pedro. Além dele, os postos dos bairros Maria Goretti, Cohab vão atender apenas dois dias por semana. No posto de saúde do São Roque o atendimento será de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h. O Espaço de Saúde do Idoso, que funciona no bairro Progresso, não terá atendimento médico. Os idosos agora terão que ir ao posto de saúde do bairro disputar as fichas existentes para atendimento com o restante da população. A Unidade Móvel também terá seu atendimento interrompido por prazo indeterminado.

Segundo o secretário Diogo Segabinazzi Siqueira, dentro desta reestruturação, a redução dos horários de atendimento e o fechamento da unidade de São Pedro acontecem de forma temporária, mas não definiu por quanto tempo valerá a medida. “Visitamos todas as unidades, verificando a quantidade de atendimentos, conversando com os moradores dos bairros e os usuários dos serviços. Todos se mostraram bastante receptivos e entenderam que a medida será para, num curto espaço de tempo, oferecermos um serviço de excelência”, enfatiza o secretário.

Porém, nas redes sociais, moradores da comunidade de São Pedro manifestaram revolta com a medida. Agora, os moradores do distrito terão que ir até a unidade do Barracão para receber atendimento. Outra reclamação dos moradores é que a Secretaria Municipal de Saúde não promoveu o aumento do número de fichas para atendimento na unidade.

As unidades que terão horário reduzido temporariamente são as seguintes:

•          Cohab – terças e sextas, pela manhã

•          Maria Goretti – segundas e quartas, pela manhã

•          São Pedro – Temporariamente fechada. Usuários podem utilizar a estrutura da ESF Barracão

•          São Roque – de segunda a sexta, das 7h às 13h

•          Espaço de Saúde do Idoso (Bairro Progresso) - Abrirá alguns turnos com atividades físicas, de grupo e fisioterapia. O atendimento médico, a partir de 20 de março, será realizado na ESF do bairro.

Fotos: MARCELO DARGELIO - Fonte: Divulgação