×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Fiscalizações no período de pandemia já resultaram em 53 multas

De acordo com dados da prefeitura, além de vistorias em 763 estabelecimentos e pontos de aglomeração, abordagens nas ruas da cidade também abrangem 11 mil pessoas

24/05/2020 05:25

Em dois meses de fiscalização em meio à pandemia de Coronavírus, entre os dias 16 de março e 17 de maio, a prefeitura de Bento Gonçalves vistoriou ao menos 763 estabelecimentos e pontos de aglomeração. As denúncias, que devem ser direcionadas ao telefone 153, da Guarda Civil Municipal (GCM), resultaram em 53 multas – destas, 46 também incluíram a interdição dos locais visitados.

De acordo com o secretário de Segurança, Diego Caetano de Souza, as atuações não se referem exclusivamente a casos em que houve desrespeito aos decretos municipais que estabelecem restrições em função da Covid-19. Houve, entretanto, até situações de reincidência. "Alguns estabelecimentos foram multados ou interditados por não estarem devidamente regularizados nos órgãos municipais, seja por não possuírem alvará,  seja por não possuírem licenças", explica.

Segundo o secretário, o deslocamento dos agentes e também de servidores do Turismo, contempla tanto a zona urbana como o interior. Nos últimos dias, em várias manifestações nas redes sociais, por exemplo, muitas pessoas questionaram o volume de frequentadores de empreendimentos turísticos.

Indagado se há uma "tolerância" maior para este tipo de atividade, o titular da pasta da Segurança foi enfático ao afirmar que não e que "todos são fiscalizados".  "Os estabelecimentos estão sendo orientados e notificados. Advertência inicialmente e posteriormente multa. Inclusive, a Secretaria de Turismo implantou o selo 'Ambiente limpo e seguro', que é concedido aos estabelecimentos do setor turístico que atenderem às normas de prevenção contra a disseminação do Coronavírus. Isso irá auxiliar, pois contemplará as empresas que assegurarem o cumprimento de requisitos de higiene, limpeza e todos os cuidados necessários que garantam a segurança dos visitantes e colaboradores durante e após os momentos de pandemia, determinando inclusive número de pessoas nos locais", detalha.

O selo "Ambiente limpo e seguro" já foi entregue a 40 empresas até o momento. A iniciativa foi criada pelo Comitê Pró-Turismo Bento e, para obter a certificação, os negócios precisam atender a 27 requisitos presentes no protocolo.

Pessoas abordadas
Desde março, conforme a administração, as blitze orientativas com verificação de temperatura e distribuição de máscaras resultaram na abordagem de 11 mil pessoas nas ruas da cidade. Apenas 28 delas apresentaram temperatura acima de 37,8º. As temperaturas acima da média são encaminhadas para a Central de Monitoramento do Coronavírus. Nenhuma multa foi aplicada por não utilização de máscara em Bento, somente advertências e orientações. 

Neste domingo, dia 24, a partir das 19h30, uma transmissão ao vivo na página da prefeitura de Bento Gonçalves no Facebook detalhará os dados e apresentará outras informações a respeito do panorama do contágio de Coronavírus no município.

NÚMEROS DA FISCALIZAÇÃO – 16 de março a 17 de maio

763 vistorias
Bares: 265
Aglomeração: 150 
Mercados: 49
Academia: 8
Indústria: 47
Comércio: 10
O restante (234) contempla ônibus, restaurantes, salões de beleza, igrejas, bancos, autoelétricas e outros.

– Multa e interdição: 46
– Multa: 7
– Reincidência: 2
– Orientação: 128
– Interdição e orientação: 4
– Sem alvará: 1
(Fonte: Secretaria de Segurança)

Fotos: José Martim Estefanon/Divulgação Prefeitura - Fonte: