×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Mega-Sena e outras loterias: quanto do dinheiro fica com o governo? E com o apostador?

Mega desta quarta-feira, 11 de setembro, deve pagar mais de R$ 90 milhões ao ganhador. Saiba como é feita a distribuição do dinheiro das apostas

10/09/2019 07:31

Nesta quarta-feira, 11 de setembro, a Mega-Sena pode fazer mais um milionário. Quem acertar os seis números sorteados deve levar uma bolada superior a R$ 90 milhões. Mas você sabe para onde vão o dinheiro das apostas? Qual o percentual que fica com o apostador? Quanto fica com o governo?

Parte do dinheiro arrecadado com as loterias da Caixa é dividido com órgãos do governo nos chamados “repasses sociais”. Menos da metade do que é arrecadado com a Mega-Sena (43,5%), por exemplo, é referente ao prêmio bruto. No ano passado foram arrecadados R$ 13,8 bilhões em apostas em todos os jogos. A Mega-Sena é a responsável pela maior arrecadação: em 2018, foram R$ 5,3 bilhões. Já o acumulado até maio deste ano – com todos os jogos – chega a R$ 6,6 bilhões, segundo a Caixa Econômica Federal.

Os “repasses sociais” feitos pela Caixa são investimentos em áreas como esporte, educação, cultura, segurança. A Lei 13.756/2018 determina quais instituições são contempladas e quanto elas devem receber. Também especifica as modalidades lotéricas e os valores referentes a cada modalidade. Os recursos variam de acordo com a modalidade da loteria, ou seja, com o tipo de jogo. São 10 formas de apostar e a porcentagem da arrecadação é separada em prognósticos numéricos (Mega-Sena, Lotofácil, Lotomania, Quina, Dupla Sena e Dia de Sorte); prognóstico esportivo (Loteca e Lotogol); Loteria Federal e Timemania, de acordo com a Caixa.

Confira para onde vai o dinheiro de cada modalidade de aposta


Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação