×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaCulturaVídeosEmpresas e EntidadesBairros

Moacir Camerini lidera segunda pesquisa do NB

Foram quase 1.500 votos na enquete realizada pelo portal de notícias. Volnei Tesser (Cidadania) e Paulo Caleffi (PSD) fecharam a lista dos três mais votados.

01/12/2019 08:14

O vereador Moacir Camerini (PDT) segue tendo a preferência dos eleitores que participam das enquetes realizadas pelo Notícias de Bento. Assim como na primeira pesquisa, o parlamentar lidera as intenções de voto entre os participantes. Novamente, Volnei Tesser (Cidadania) manteve a segunda colocação. Foram quase 1.500 participações de eleitores da comunidade.

A amostragem apontou que Camerini recebeu, em média, 2 de cada 10 votos computados. Como novidade na segunda pesquisa, cada eleitor poderia votar apenas uma vez e precisava ter conta de e-mail no Gmail para participar. Com isso, a enquete teve 1.488 participações, contra 4.679 votos computados na primeira amostragem. 

Durante os cinco dias de votação, Camerini praticamente manteve a dianteira na votação. Ele fechou a enquete recebendo 269 votos, ou 18,10% dos votos computados. Novamente, o vereador do PDT teve a companhia do representante do partido Cidadania, Volnei Tesser, que deu uma arrancada desde a sexta-feira, 29 de novembro, somando 208 votos, computando 14,10% do total de votos. Os números mostram que os dois possíveis candidatos são os com maior capacidade de mobilização de pessoas para buscar votos nas pesquisas.

A pesquisa registrou um crescimento de dois nomes que não tinham figurado entre os cinco primeiros na primeira enquete. Paulo Caleffi (PSD) e Neilene Lunelli (PT) apareciam na primeira amostragem, respectivamente, em 6º e 7º lugar. Neste segundo levantamento, Caleffi subiu para o terceiro lugar, com 174 votos, e 11,70% do total apurado. Já Neilene foi a quarta mais votada, com 157 votos e 10,60% do total de participações. 

Como na primeira amostragem, a pesquisa trouxe novos nomes para apreciação do eleitorado, a fim de sentir como eles seriam recebidos pelos participantes. Uma das surpresas foi o nome do delegado Álvaro Becker. Participando pela primeira vez da pesquisa e não tendo partido político, o representante da segurança pública foi o quinto mais votado, recebendo 111 votos, equivalente a 7,50% do total. O nome de Becker é sondado para ser candidato a prefeito pelo novo partido do presidente Jair Bolsonaro, o Aliança Pelo Brasil.

Outras novidades foram os nomes dos secretários Eduardo Viríssimo e Rodrigo Parisotto (PP), além da advogada Beatriz Peruffo, que não tem partido. Eles não tinham sido inclusos na primeira pesquisa. Viríssimo ficou em sexto lugar, com  91 votos,  Beatriz ficou em oitavo, com 66 votos, e Parisotto fechou o Top 10, com 63 votos, mesma votação de Evandro Speranza (PL).

Aliás, Speranza faz parte do grupo que está há algum tempo na política bento-gonçalvense e  que não apareceu muito bem na pesquisa. Quem obteve o melhor desempenho foi o ex-prefeito Alcindo Gabrielli (MDB), que foi o sétimo mais votado com 79 votos (5,31%). Considerado o ficha 1 para ser candidato pelo PSDB, o ex-prefeito Aido Bertuol (PSDB) foi apenas o 12º mais votado, somando 49 votos (3,30%). Mais um ex-prefeito que ficou para trás na votação foi Fortunato Rizzardo, com 46 votos (3,10%) e a 13ª colocação. Adroaldo Dal Mass (DEM) com 25 votos (1,69%),  e os vereadores Gilmar Pessutto e Moisés Scussel, ambos do PSDB, que somaram apenas 13 votos (0,88%) fecharam os votos da pesquisa.

Fotos: Divulgação - Fonte: Notícias de Bento