×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Novo presídio pode começar a funcionar no final deste mês

Nova previsão é de que em até duas semanas a penitenciária receba os últimos equipamentos e seja inaugurada pelo governador Eduardo Leite.

15/09/2019 09:35

O último capítulo da novela de funcionamento do novo Presídio Estadual de Bento Gonçalves passa pela agenda do governador Eduardo Leite. Completamente finalizada, a casa de detenção espera apenas o dia que o chefe do Executivo Estadual possa vir até a Capital do Vinho para a solenidade de inauguração e aí poderá receber todos os detentos e funcionar normalmente. Além disso, faltam ainda alguns equipamentos para que a penitenciária esteja plenamente apta a receber os detentos que estão na área central da cidade.

O governador não abre mão de vir inaugurar o novo Presídio de Bento Gonçalves. Por outro lado, Eduardo Leite não tem agenda para vir até Bento em uma solenidade de inauguração, travando o processo de funcionamento da penitenciária. A expectativa da superintendência é de que a inauguração aconteça até o final do mês de setembro. Porém, nem a família dos presos acredita mais nesta previsão, pois a casa de detenção deveria ser entregue em janeiro, passou para abril, depois julho e agora setembro.

Conforme a Susepe, ainda falta a instalação de alguns equipamentos, como aparelhos de cozinha e lavandeira, e do scanner corporal, que irá evitar o constrangimento das revistas íntimas em visitantes e também a entrada de aparelhos e mercadorias. Porém, segundo a superintendência, isso não impediria o início das atividades ainda neste mês.

O novo presídio tem capacidade para 420 detentos. A casa atual, que fica no centro de Bento Gonçalves, está superlotada e abriga 347 apenados. A Prefeitura de Bento Gonçalves defende que imediatamente após a desocupação, este presídio antigo seja demolido. O Estado garante que irá cumprir seu compromisso com o município, mas não confirma o que será feito com a atual cadeia. Porém, o que se fala nos bastidores é que o presídio atual deve continuar funcionando, pelo menos, até fevereiro de 2020.


Fotos: Itamar Aguiar/ Palácio Piratini/Divulgação - Fonte: Notícias de Bento