×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

Presidente e vice pedem afastamento do Conselho Municipal de Saúde

Inês Fagherazzi Bianchetti já deixou o cargo, enquanto Gilnei Rigotto vai conduzir uma nova eleição e depois deixará o conselho também.

25/05/2017 06:03

Uma situação inusitada marca o Conselho Municipal de Saúde (CMS). O presidente e o vice do órgão pediram afastamento. Um já deixou o cargo e outro vai encaminhar novas eleições para depois se afastar em definitivo.

A presidente do Conselho Municipal de Saúde, Inês Fagherazzi Bianchetti, pediu afastamento do cargo na reunião da segunda-feira, 15. Com isso, o vice-presidente, Gilnei Rigotto, assume temporariamente a função, pois também pediu afastamento do conselho.

Sem entrar em detalhes, a presidente destacou que o CMS passa por grandes dificuldades e que o excesso de ações do Ministério Público Federal (MPF) tem travado o trabalho da entidade. Além disso, destacou que há muita politicagem e interesses por trás de muita coisa. 

Inês Bianchetti assumiu a presidência no ano passado, após o Ministério Público suspender as atividades  da entidade, devido a denúncias de irregularidades. No mesmo embalo, o vice-presidente do conselho, Gilnei Rigotto, também já pediu afastamento do órgão. Segundo ele, o pedido tinha sido feito antes da presidente, mas como ela saiu primeiro, ele irá continuar no cargo até a realização de uma nova eleição, para não prejudicar o andamento das atividades do CMS. Porém, Rigotto já garantiu que após a escolha da nova diretoria, deixará em definitivo do Conselho Municipal de Saúde.

Fotos: MARCELO DARGELIO - Fonte: Divulgação