×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaBairrosCulturaVídeosEmpresas e Entidades

Projeto Comprador deve movimentar R$ 10 milhões na Wine South America

Feira Internacional do Vinho receberá representantes de 27 países da Europa, Ásia e Américas do Norte e Latina para comercializar com mais de 200 empresas do setor vinícola brasileiro.

14/09/2019 09:17

Entre os dias 25 e 27 de setembro, 230 compradores do Brasil e do Exterior estarão na 2ª edição da Wine South America – Feira Internacional do Vinho, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. Supermercadistas, varejistas, importadores, representantes de lojas de vinhos e restaurantes participarão do Projeto Comprador, viabilizado por meio de parceria da Milanez & Milaneze/Veronafiere - empresa promotora do evento -, com o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS). A expectativa é ampliar o volume de negócios prospectados em setembro de 2018, quando foi encaminhada a comercialização de R$ 6 milhões em vinhos, espumantes e sucos. No total, a 2ª Wine South America deverá movimentar um volume de R$ 10 milhões.

 

Estão confirmados 203 representantes do trade de todos os estados brasileiros, 100 deles viabilizados pelo governo estadual gaúcho, 48 por meio do convênio Valorização do Vinho Brasileiro, do Ibravin e Sebrae Nacional, 30 por meio da parceria entre Wine South America, Ibravin e Sebrae Nacional e outros 25 trazidos exclusivamente pela feira. Além dos profissionais nacionais, os projetos Wines of Brasil e 100% Grape Juice of Brazil, subsidiados pelo Ibravin e pela Apex-Brasil, trarão 27 compradores de 13 países como Bélgica, Chile, China, Colômbia, Estados Unidos, Irlanda, Paraguai, Polônia, Reino Unido e Rússia.

 

De acordo com o secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Covatti Filho, a realização da feira fortalece ainda mais o setor e a imagem do Estado e do país como um grande produtor da cadeia vitivinícola.

 

“A abertura de novos mercados por meio de rodadas de negócios e a conquista de clientes certamente são pontos de grande interesse para nossas empresas. Mais do que a importância econômica, com a participação de compradores de vários países, a Wine South America permitirá a evolução do setor por meio de masterclasses, conferências, debates sobre o mercado e apresentação de pesquisas e tendências de consumo”, acredita.

 

A Wine South America contará com 300 marcas expositoras, sendo 180 nacionais. Neste ano, o evento profissional também está ampliando a participação de expositores internacionais, com a presença de 12 países do Velho e do Novo Mundo. Além do Brasil, produtores da França, Itália, Espanha, África do Sul, Argentina, Áustria, Chile, Portugal, Uruguai, Eslovênia, Líbano e Estados Unidos estão confirmados.

 

O gerente de Promoção dos projetos Wines of Brasil e do 100% Grape Juice of Brazil, Diego Bertolini, afirma que a Wine South America chega ao segundo ano como uma das principais feiras setoriais na América Latina, atraindo o trade, imprensa especializada e ainda ajudando na divulgação da região como um destino enoturístico.


“A exportação de vinhos brasileiros passa pela experiência e pelo conhecimento dos nossos rótulos e da cultura que envolve a elaboração dos nossos vinhos. Somente no primeiro semestre deste ano, tivemos um aumento de mais de 60% na venda para o Exterior e acreditamos que o Projeto Comprador vai contribuir para um incremento ainda maior nos embarques de produtos até o final do ano”, projeta.

Bertolini acrescenta que o Wines of Brasil e o 100% Grape Juice of Brazil estão entre as principais ações de promoção comercial da América Latina, contribuindo para o aumento da presença do vinho e do suco de uva brasileiros no mercado internacional.

“Este será um dos maiores Projeto Comprador já realizados, com a participação de 27 importadores vindos principalmente dos países-alvo dos projetos setoriais, que incluem América Latina, Estados Unidos e China. Além do vinho, terão compradores específicos para o suco de uva das principais redes de supermercados do Chile, Paraguai e Ásia”, complementa.

Marcos Milaneze, diretor da Milanez & Milaneze, empresa do grupo Veronafiere, reforça: “A vinda de compradores para a feira, além de facilitar o fechamento de negócios, ajuda no fomento ao enoturismo, no relacionamento com as vinícolas e na consolidação do Brasil como um mercado de vinhos importante no cenário internacional”.

Além dos 203 compradores nacionais e dos 27 internacionais, a Wine South America receberá a visita de 16 formadores de opinião do país e do Exterior, através dos Projetos Imagem, promovidos entre Ibravin, Sebrae e Apex-Brasil. Serão 10 jornalistas e influenciadores digitais dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, e outros seis especialistas em vinhos do Paraguai, Estados Unidos e Inglaterra. 


Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação