×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

Couro de cacto é a nova sensação dos couros veganos

Depois de dois anos de pesquisa, dois jovens mexicanos lançam Desserto Pelle, que já nasce com sucesso.

25/11/2019 02:42

Como a indústria da pecuária é uma das com mais impacto no meio ambiente, a moda procura materiais inovadores que tenham as mesmas propriedades técnicas e mecânicas e que substituam o couro de animal em roupas e acessórios. O mais popular entre as novas soluções é o "couro" de abacaxi, o Pinatex. Há também o "couro" de maça, o "couro" de coco e agora, do México, acaba de ser lançado, o "couro" de cactos.

Desserto Pele  foi desenvolvido nos últimos dois anos por dois jovens mexicanos, Adrián Lopez Velarde que antes trabalhava na indústria automobilística e Marte Cázarez, que já trabalhava na moda. Juntos eles abriram a empresa Adriano di Marti focada nas possibilidades de novos negócios  que minimizem o impacto da criação de animais na biodiversidade.

Eles chegaram ao Notus Cactos que nasce em abundância no México, não precisa de água pra crescer e que cumpre a intenção de desenvolver um material que pudesse ser aplicando tanto na moda quanto na industria automobilística para reduzir lixo e poluição gerada pelo couro de animal e pelo courvin, qu tem como base o plástico. "Desserto é livre de químicos tóxicos, de PVC e de ftalatos, um aditivo que deixa o plástico mais maleável".

Resultado de imagem para Couro de cacto

O Desserto já está sendo vendido sem quantidade mínima, por US$ 25 o metro que tem 1,40 cm de largura. "Nosso produto é orgânico, flexível, respirável, parcialmente biodegradável, de alta resistência e durabilidade mínima de 10 anos". Desserto pode ser produzido na espessura, cor e textura de acordo com a necessidade cada cliente.

Resultado de imagem para Couro de cacto

Fotos: Divulgação - Fonte: vogue.globo