×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

COVID-19: Prefeitura de Garibaldi vai começar a multar a população

Reunião com mais de 3 pessoas vai gerar multa de R$ 100,00. Prefeito Antônio Cettolin mandou fechar as principais praças da cidade.

22/07/2020 05:02

A Prefeitura de Garibaldi resolveu tomar uma medida radical para diminuir o número de casos de coronavírus na cidade. O prefeito Antônio Cettolin anunciou medidas mais rígidas, que preveem desde o fechamento de parques e praças, até a multa para a população. As normas se tornam mais rigorosas do que aquelas determinadas pela Bandeira Vermelha do modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Entre as medidas anunciadas, está o fechamento de todas as praças, parques e banheiros públicos. O Ginásio Municipal de Esportes de Garibaldi terá os seus acessos bloqueados, não sendo permitida a presença de pessoas no local, incluindo a pista de caminhada e as quadras esportivas. A Praça da Martini e a Ermida também serão fechadas totalmente. No Parque da Estação, a área verde será toda fechada, com exceção da pista de caminhada. Este cercamento será feito já nesta quinta, 23/07, inclusive com a colocação de arame farpado.

Outro ponto será a proibição da aglomeração de três ou mais pessoas em espaços e vias de acesso público, como ruas, postos de combustíveis, etc. A fiscalização também será acentuada nos estabelecimentos comerciais. Não será permitido o atendimento de nenhuma pessoa que não estiver usando máscara. Quem descumprir estas medidas será penalizado com multa. Os valores e penas são os seguintes: para a população em geral (pessoa física), multa de R$ 100,00; para os estabelecimentos comerciais e empresas, serão quatro “níveis”: na primeira abordagem, haverá uma advertência; havendo reincidência, multa de R$ 465,00; no caso de uma terceira abordagem, multa de R$ 930,00 e fechamento por sete dias; e no caso de uma quarta abordagem, multa de R$ 2325,00 e cassação do alvará.

Nesta quinta-feira, haverá na Praça Loureiro da Silva uma equipe da Prefeitura que fará 100 testes rápidos em pessoas que passarem pelo local e que acreditem estar com algum sintoma do coronavírus. Além disso, no domingo, 26/07, haverá um mutirão de desinfecção de todas as ruas da área urbana de Garibaldi, com a parceria de agricultores do município.

O prefeito manifestou sua preocupação com o crescimento dos casos em Garibaldi, classificando a situação como “muito grave”. Ele lembrou que há sete garibaldenses em UTI, cinco deles no São Pedro, um no Tacchini e outro na Unimed de Caxias do Sul, enquanto que há menos de duas semanas, não havia nenhum. Também relatou o crescimento no número de pessoas que tem procurado o Ambulatório Covid no PAM. Somente nesta terça, foram mais de 50 pessoas, enquanto que há cerca de dez dias a média era de dez a vinte cidadãos.

Todas as medidas anunciadas pelo prefeito passam a valer a partir desta quinta-feira, 23, e tem a duração inicial de 15 dias, podendo ser prorrogadas, dependendo do andamento dos casos de Covid no município. Além disso, continuam em vigor todas as determinações impostas pela Bandeira Vermelha do Governo do Rio Grande do Sul.

Fotos: Divulgação - Fonte: NB Notícias