×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

DISTANCIAMENTO CONTROLADO: Serra permanece na bandeira vermelha pelo menos até 3 de agosto

Durante a divulgação definitiva do mapa semanal, governador Eduardo Leite voltou a classificar a situação da região como preocupante

27/07/2020 05:23

A divulgação dos mapas definitivos para a 12ª semana do Distanciamento Controlado do Governo do Estado, na tarde desta segunda-feira, 27, confirmou a permanência de Bento Gonçalves e da Serra Gaúcha na bandeira vermelha, com a classificação de alto risco, pelo menos até o dia 3 de agosto. Mais uma vez, a situação da região voltou a ser definida como delicada.

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o governador Eduardo Leite, que na semana passada anunciou ter testado positivo para Covid-19, ressaltou que índices como hospitalizações (de 81 para 106), internações Covid em UTI (de 76 para 92), óbitos (de 21 para 32) e a proporção de casos ativos e recuperados (de 0,44 para 0,5) tiveram alta ao longo da última semana, quando foi realizada a leitura das informações. "O conjunto dos dados da região da Serra é preocupante, enseja cuidados", afirma o chefe do Poder Executivo gaúcho.

Durante a apresentação, Leite também falou sobre o possível novo formato que o Distanciamento Controlado pode adotar nas próximas semanas. A principal discussão está agora em torno da participação mais efetiva dos municípios no processo.

Em uma das possibilidades avaliadas, o Estado continuaria rodando o sistema e definindo as bandeiras, mas, se as regiões decidissem adotar outros protocolos, poderiam empregar medidas intermediárias entre a classificação estadual e a imediatamente inferior. Por exemplo: se determinado grupo de cidades estivesse na bandeira vermelha, poderia optar, por conta própria, empregar no mínimo os protocolos de bandeira laranja.

Fotos: Reprodução Distanciamento Controlado - Fonte: