×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Os argumentos da Serra para permanecer na bandeira laranja

Prefeitos encaminharam recursos ao Governo do Estado. Governador Eduardo Leite anuncia decisão na tarde desta segunda-feira, 29.

29/06/2020 11:25

A tarde desta segunda-feira, 29, será tensa para os moradores dos 49 municípios que fazem parte da Serra Gaúcha. O governador Eduardo Leite anuncia a decisão se a região volta à bandeira vermelha ou permanece na bandeira laranja. 

Os prefeitos da região montaram um recurso que foi entregue ao governador ainda no sábado, 27. Entre os argumentos para se manter na bandeira laranja, estão argumentos que confrontam os dados informados pelo governador Eduardo Leite. Os dados contabilizados no recurso são do período de 18 a 25 de junho. O maior desequilíbrio registrado entre os números do governo e dos municípios refere-se às hospitalizações, segundo o presidente da Amesne, José Carlos Breda. O total de internações seria 51 e não 76 que foram consideradas para o cálculo.

Além disso, os prefeitos argumentam que a metodologia de cálculo de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) está equivocada, afirmando que não devem ser contabilizados os suspeitos e não confirmados. O total de casos ativos até o último dia, segundo o recurso dos municípios, é 429 e não 446. E o número de óbitos correto é 13 e não 16 casos.

Outro fator destacado no documento é a ampliação de leitos na região. Consta que, segundo informação encaminhada pela coordenadora de Saúde da 5ª Coordenadoria da Saúde, Tatiane Misturini Fiorio, a região se mobilizou e disponibiliza o acréscimo de mais 16 Leitos de UTI: sete no Hospital Pompéia, dois no Círculo Operário, ambos de Caxias do Sul; quatro no Hospital Nossa Senhora da Oliveira, em Vacaria; e três no Hospital São Carlos, de Farroupilha. Conforme Breda, os leitos de Vacaria e do Pompéia estarão disponíveis até o dia 1º de julho. Os do Círculo e de Farroupilha já estão habilitados.

O documento é assinado pelo presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), prefeito de Cotiporã, José Carlos Breda, e também vai em nome da Associação dos Municípios dos Campos de Cima da Serra (Amucser) e Associação dos Municípios de Turismo da Serra (Amserra), representando os municípios da Região de Agrupamento Serra/Caxias do Sul.

Fotos: Divulgação - Fonte: NB Notícias