×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Agentes da PRF prendem motorista embriagado na BR 470 em Bento

Homem de 35 anos estava com o veículo com licenciamento vencido, bateu o carro em um barranco e o teste do etilômetro registrou 0,71mg/l.

12/07/2020 10:28

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam um motorista na noite deste sábado, 11, em Bento Gonçalves. Ele provocou um acidente na BR 470, estava com o licenciamento do veículo vencido e ainda estava embriagado. O condutor foi recolhido ao presídio.

De acordo com a PRF, os agentes receberam a informação de que um veículo se envolveu em um acidente por volta das 19h30 na BR 470, em Bento Gonçalves. Chegando lá, os policiais encontraram o motorista de 35 anos, morador de Bento Gonçalves, que dirigia uma Montana, com placas de Guaporé. Ele declarou que seguia de uma chácara próximo ao Rio das Antas, no sentido a Bento Gonçalves, quando perdeu o controle do carro e atravessou a pista no sentido contrário, colidindo em um barranco.

Os policiais notaram que o condutor apresentava visíveis sinais de embriaguez, e o convidaram a efetuar o teste do bafômetro (etilômetro). Submetido ao teste, o resultado foi de 0.71 mg/l de ar expelido dos pulmões, índice mais que o dobro para a caracterização do crime de trânsito de embriaguez. O homem foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) em Bento Gonçalves.

Na delegacia, foi feito o registro de ocorrência e o delegado plantonista lavrou o flagrante ao motorista, que não pagou fiança. Ele foi recolhido à Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves. Além da autuação pela infração de dirigir sob a influência de álcool, no valor de R$ 2.934,70, e da suspensão do direito de dirigir por 12 meses, o condutor responderá pelo crime de embriaguez ao volante, com pena de detenção de seis meses a três anos. O veículo, que estava com o licenciamento vencido desde 2016, foi recolhido ao depósito credenciado, e aguardará a regularização para ser retirado.

Fotos: PRF/Divulgação - Fonte: NB Notícias