×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVídeos

Caminhoneiro de Garibaldi é preso com 28 toneladas de maconha

Motorista de 38 anos foi flagrado com a droga em uma operação conjunta da PF e PRF no interior do Mato Grosso do Sul.

21/05/2020 09:27

Um motorista de Garibaldi de 38 anos foi preso em uma operação em conjunto da Polícia Federal de Ponta Porã e da delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Dourados no Mato Grosso do Sul na noite  desta quarta-feira, 20. Ele foi flagrado com 28 toneladas de maconha, que seriam transportadas para a cidade de São Leopoldo. 

A apreensão, que é considerada a maior da história da PF e PRF no Mato Grosso do Sul, aconteceu na rodovia MS 295, entre os municípios de Iguatemi e Tacuru na fronteira com o Paraguai, de onde saiu a maconha. Os policiais estavam em uma barreira, quando abordaram o condutor de uma carreta Volvo,  com placas de Pelotas, e perceberam o nervosismo do motorista. A carreta estava carregada com milho a granel e, em meio a carga, centenas de fardos de maconha que pesaram 28 toneladas e 20 quilos.

Segundo informações da PRF, o motorista e dono da carreta de 38 anos, é morador de Garibaldi. Ele disse que levaria a maconha para São Leopoldo, enquanto a nota de transporte de milho tinha como destino Farroupilha. O motorista informou que receberia R$ 40 mil para transportar a droga do Mato Grosso do Sul até o Rio Grande do Sul.

Somente seis toneladas de milho foram retiradas da carreta que deveria transportar 40 toneladas de grãos.
A carreta com a carga recorde de maconha foi levada para a Polícia Federal de Ponta Porã onde o condutor foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.




Fotos: PRF/Divulgação - Fonte: NB Notícias