×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Centro de Operações da Brigada Militar agora tem autonomia de energia

União de esforços entre o Consepro, Ministério Público e Poder Judiciário garantiu a aquisição de um gerador para manter o funcionamento do monitoramento das ruas mesmo em casos de falta de luz.

25/02/2019 01:57

Graças aos esforços conjuntos do Poder Judiciário, através da Vara de Execuções Criminais, do Ministério Público, CONSEPRO e a Brigada Militar de Bento Gonçalves, o Centro Integrado de Operações, (CIOP), passa, a operar com total autonomia de energia elétrica do município para situações adversas. A guarnição agora conta com um gerador de energia, que vai garantir o monitoramento das ruas da cidade mesmo em casos de falta de luz.

Com o repasse de verba, através de Projeto Técnico encaminhado à Vara de Execuções Criminais do Judiciário de Bento Gonçalves, foi destinado o valor de R$ 31.500,00 para aquisição e instalaçãlo de um gerador trifásico, passando a compor uma primordial ferramenta agregada ao CIOP. “Já sofremos no passado solução de continuidade nas atividades do Centro Integrado de Operações do nosso município, por problemas causados pela falta de energia elétrica, ocorridos por fatores climáticos, acidentes e incidentes. Com essa importante aquisição, passamos a operar 24hs/365dias do ano. Devemos estar preparados para o imprevisto, e hoje, tanto o CIOP quanto a Sala de Gestão Integrada, que compõem um Gabinete de Gestão Integrada de Crise,  com o compartilhamento de imagens em tempo real, anexo ao CIOP,  nos dão um salto de qualidade, existente em poucos lugares do País, nos proporcionando agregarmos eficiência e eficácia na prestação de serviços de segurança publica à nossa população, principalmente diante de situações de elevada ou extrema complexidade, as quais compõem um Gabinete de Gestão de Crises”, avalia o comandante do 3BPAT, Alvaro Martinelli.

Cabe salientar, que está em processo de implantação o compartilhamento em tempo real de sistemas de videomonitoramento de municípios, bem como de leitores de placas veiculares, adquiridos através do CISGA (Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha) e que convergem ao CIOP de Bento Gonçalves, como por exemplo, os municípios de Garibaldi, Guaporé, Fagundes Varela, Antônio Prado, Coronel Pilar, Santa Tereza, num somatório inicial de duas dezenas e meia de cidades.  “Buscamos dar o suporte técnico para que fosse adquirido equipamento de ponta, ao nível do CIOP de Bento Gonçalves, sendo adquirido um gerador trifásico, automático, com isolamento acústico, capacidade de 25kVA, aquecedor de diesel para baixas temperaturas, afinal estamos na Serra Gaúcha, e autonomia de 24hs sem necessidade de um novo reabastecimento, até então operávamos com Nobreaks, que nos davam um limitado período de operação” comemora o soldado Oliveira, facilitador de TI do 3º BPAT.

A união dos esforços em equipar os órgãos de segurança foi comemorada pelo comandante do 3º BPAT. "Nossos efusivos agradecimentos ao Poder Judiciário através da Vara de Execuções Criminais, ao Ministério Público e ao CONSEPRO de Bento Gonçalves, pela sensibilidade na análise, implantação e execução desse Importante Projeto agregado ao Centro Integrado de Operações de Bento Gonçalves", finalizou Martinelli.

Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação