×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Dois motoristas são detidos por direção perigosa na cidade

Nos dois casos, eles não respeitaram o sinal de abordagem e tentaram fugir da blitz. Eles se negaram a fazer o teste do etilômetro e foram liberados após registro de ocorrência

25/08/2019 10:50

Dois casos de perseguição policial foram registrados em Bento Gonçalves durante as operações realizadas pela Brigada Militar, Guarda Civil Municipal e Departamento Municipal de Trânsito (DMT) nas ruas da cidade. Dois motoristas foram detidos por direção perigosa. Eles se negaram a realizar o teste do etilômetro e foram liberados após o registro da ocorrência. 

A primeira fuga ocorreu ainda na noite da sexta-feira, 23, na Rua 10 de Novembro, no bairro Cidade Alta. O jovem Gabriel Noronha da Silva, de 22 anos, conduzia um Corsa Classic pela rua, quando avistou a blitz da Operação Cidade Mais Segura. O motorista ignorou a ordem de parada e fugiu na direção contrária, sendo perseguido pelas viaturas. Ele foi capturado na Rua Olavo Bilac.

O jovem estava com a CNH vencida e dentro do veículo estavam mais dois ocupantes. O motorista estava muito alterado e os policiais precisaram usar algemas para contê-lo. Ele foi conduzido até a delegacia para o registro de ocorrência policial.

Silva negou-se a fazer o teste do etilômetro e, por este motivo, acabou sendo liberado. Ele foi autuado por direção perigosa. O automóvel que ele conduzia foi recolhido ao depósito credenciado por não haver condutor habilitado para conduzi-lo.

O segundo caso aconteceu na madrugada deste domingo, 25, quando o motorista Micael Monteiro da Silveira, de 27 anos, tentou fugir de uma abordagem policial na Avenida Presidente Costa e Silva, no bairro Planalto. Ele conduzia uma Saveiro, com placas de Caseiros, e acelerou para fugir da blitz que acontecia na via. O motorista foi perseguido pelos policiais e só parou quando a roda dianteira do veículo quebrou.  

Ele foi detido pelos policiais e levado até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para o registro de ocorrência policial. Silveira se negou a fazer o teste do etilômetro e foi liberado, após ser autuado por direção perigosa. O automóvel foi recolhido ao depósito credenciado.

Fotos: Divulgação - Fonte: Notícias de Bento