×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Identificada mulher encontrada morta no Juventude

Vítima tinha 37 anos e e era detenta do Presídio Estadual de Bento Gonçalves. A violência sexual não foi confirmada até o momento.

16/07/2019 02:14

Foi identificada no início da tarde desta terça-feira, 16, a mulher encontrada morta nos fundos de uma residência no bairro Juventude na tarde desta segunda-feira, 15. A identificação foi feita pelo Departamento Médico Legal (DML).

De acordo com o delegado Arthur Reguze, titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), a vítima foi identificada como sendo Josene Peterle, de 37 anos. Na perícia foi constatado que ela morreu por asfixia, provavelmente por estrangulamento, entrea noite de domingo e a madrugada da segunda-feira. Foram encontradas marcas no pescoço da vítima. O delegado destaca que até o momento não tinha sido identificada a violência sexual por parte da necropsia.

Josene Peterle tinha vários antecedentes criminais, principalmente por furto e roubo, além de já ter sido recapturada nove vezes pela Brigada Militar por estar foragida do presídio. Atualmente, segundo o diretor do Presídio Estadual de Bento Gonçalves, Volnei Zago, ela estava em prisão domiciliar e teria que assinar o livro na casa de detenção nesta segunda-feira, 15, das 10h às 13h. Ela reside no bairro Humaitá. Informações preliminares dão conta de que ela fazia programas sexuais durante a noite.

Relembre o caso acessando este link

Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação