×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Mulher vai presa após ser vítima de tentativa de homicídio em Garibaldi

Ela foi atropelada por um automóvel no quilômetro 226 da BR 470 e, depois de ser atendida no hospital, foi constatado que ela devia estar em prisão domiciliar.

03/07/2020 10:21

Uma mulher acabou presa depois de ter sido atropelada em Garibaldi na tarde desta sexta-feira, 3 de julho. Ela foi vítima de uma tentativa de homicídio na BR 470 e, depois de ser atendida no hospital, foi constatado que ela estava em prisão domiciliar.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) a tentativa de homicídio ocorreu por volta das 14h, no quilômetro 226 da BR 470, em Garibaldi. Os agentes da PRF receberam uma ligação informando que uma mulher tinha sido vítima de atropelamento. Chegando ao local, os policiais constataram que um veículo Celta, de placas não identificadas, havia atropelado uma mulher. Outras 3 mulheres que estavam no local se jogaram no mato para não serem atropeladas.

O fato teria ocorrido em razão de disputa pelo ponto de prostituição no local, segundo informações da própria vítima. Após verificações, os agentes federais descobriram que a mulher de 30 anos, moradora da cidade de Caxias do Sul, deveria estar em sua residência cumprindo prisão domiciliar pelo crime de roubo a uma caixa lotérica, ocorrido em 2015 na cidade de Garibaldi.

A PRF socorreu a mulher ao hospital. Depois dela ser medicada, foi apresentada na Polícia Civil de Garibaldi. Posteriormente, ela foi encaminhada ao presídio.

Fotos: Divulgação - Fonte: NB Notícias