×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoCucina NBModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeos

Obras do novo presídio chegam a 95%

Apesar do bom andamento dos trabalhos, ainda não há previsão de quando os presos serão removidos para a nova casa de detenção.

09/02/2019 10:20

A construção da nova Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves, localizada no bairro Barracão, está com 95% das obras concluídas. A nova unidade prisional terá 420 vagas em regime fechado. Com investimento superior a R$ 30 milhões, a obra integra a força-tarefa do Governo do Estado para a realização de obras na segurança pública. Apesar do bom andamento dos trabalhos, ainda não há uma previsão de quando os presos serão removidos para a nova casa de detenção.

Serão criadas 384 vagas em celas coletivas, 12 vagas de isolamento, oito vagas para portadores de necessidades especiais e 16 vagas de alojamento. Com o sistema de abertura e fechamento automático das portas, a nova estrutura permitirá que os agentes penitenciários possam monitorar a rotina das galerias através de uma plataforma que percorre o corredor das celas, evitando o contato direto com os apenados. O complexo também contará com ambulatório, cozinha, área de isolamento, módulo para revista, refeitório, casa de bombas, oficina de trabalho, sala psicossocial, lavanderia e área administrativa.

A nova penitenciária, erguida com o uso de monoblocos de concreto reforçado de alto desempenho, adota a mesma técnica utilizada na construção do Complexo Prisional de Canoas e na Penitenciária Estadual de Porto Alegre. “A nova unidade garantirá segurança aos servidores que desenvolvem suas funções diárias e oportunizará aos apenados a busca da qualificação profissional para sair do sistema prisional”, destacou o secretário estadual de Obras e Habitação, José Stédile. Ele lembra, ainda, que a obra é fiscalizada quase que diariamente pelo corpo técnico de servidores da 16ª CROP — com sede em Bento Gonçalves.

O valor do projeto é de R$ 30,8 milhões, que serão pagos via permuta do prédio da Superintendência do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) de Bento Gonçalves, avaliado em R$ 19 milhões. Os outros R$ 11 milhões são provenientes de recursos do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial do Estado.

A prefeitura de Bento Gonçalves também foi parceira no projeto, viabilizando a construção da nova unidade prisional através da doação da área ao governo do Estado. A empresa responsável pela execução da obra é a Verdi Sistemas Construtivos Ltda, com sede no município de Ivoti.

Fotos: Jean Maidana/Divulgação - Fonte: Jean Maidana/Secretaria Estadual de Obras Públicas