×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaCulturaVídeosEmpresas e EntidadesBairros

Penitenciária de Bento deve ganhar bloqueadores de celular

Informação foi repassada pelo superintendente da Susepe, César da Veiga, durante operação na manhã desta segunda-feira, 6 de janeiro, no novo presídio.

06/01/2020 11:24

A vida boa dos presos que estão na Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves no que diz respeito ao uso de celulares deve acabar ainda este ano. Isso porque, além do scanner corporal, a nova casa de detenção deve receber bloqueadores de celulares muito em breve. A informação foi repassada pelo superintendente da Susepe, César da Veiga.

Segundo o superintendente, a aquisição dos bloqueadores está em fase de processo licitatório, algo que demanda um certo tempo. Apesar disso, Veiga acredita que ainda este ano o sistema será instalado e entrará em funcionamento. Esta será mais uma forma de impedir que os presos ligados a facções criminosas se organizem dentro da penitenciária e fiquem ordenando crimes de dentro da cadeia.

Operação Pente Fino movimentou a penitenciária nesta segunda-feira 

Na manhã desta segunda-feira, 6, Agentes do Grupo de Ações Especiais (GAES) da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) realizaram a primeira operação de rotina na Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves. Foram apreendidos celulares, carregadores e uma pequena quantia de maconha. Nenhum dos apenados será transferido.

A Operação Pente Fino da Susepe começou por volta das 6h45min e durou cerca de quatro horas. De acordo com o delegado regional penitenciário, Marcos Ariovaldo Spenst, foi realizada uma operação de rotina, com o intuito de manter a disciplina e a ordem  no interior da penitenciária. Foram apreendidos seis celulares, oito baterias e quatro carregadores, além de um estoque (faca artesanal), dois chips de celular e duas buchas de maconha. Ainda segundo o delegado, nenhum apenado será transferido.

Inaugurada em outubro do ano passado, a Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves abriga 391 apenados, que estão em duas galerias com 24 celas cada uma. A capacidade total é para 420 detentos. Participaram da operação 19 integrantes do GAES, 13 da 1ª Delegacia Penitenciária Regional, 10 da 10ª DPR, 10 da 9ª DPR, 2 da Dipen e 2 da DSEP.  

Fotos: Susepe/Divulgação - Fonte: Notícias de Bento