×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaCulturaVídeosEmpresas e EntidadesBairros

Câncer de Mama em Cadelas e Gatas

Poucas clinicas veterinárias alertam sobre esta doença fique atento, ao sentir algum carocinho, fale com profissional.

30/09/2019 06:15

O câncer de mama em cadelas e gatas são bem frequentes. É o tumor que mais acomete essas espécies. Nas gatas a probabilidade de ser tumores malignos é de 80%, enquanto nas cadelas são de 50%.

Acontece da mesma forma que acontece com os seres humanos, ou seja, quem geralmente possui esse câncer são as fêmeas, sendo raro acometer os machos.

Todos fazemos carinhos na barriga de nossos cachorros, por isso se você sentir algum carocinho, mesmo que seja minúsculo o leve para o veterinário. Quanto mais cedo for diagnosticada a doença, mais fácil será para tratar.

Fatores de risco e prevenção

Graças ao avanço da medicina veterinária, os animais estão vivendo por mais tempo.

Também, assim como nos seres humanos este câncer está relacionado ao avanço da idade.

Alguns fatores aumentam a chance de desenvolver o câncer de mama nelas como por exemplo, fatores genéticos, poluição, fumaça de cigarro por causa dos donos fumantes e alimentação errada.

Tem como prevenir?

A castração é a melhor forma de prevenção. É indicado ser feita antes do primeiro cio.

Deixar o animal criar ou cruzar uma vez, não diminuem as chances de desenvolver tumores.

Assim como os médicos ensinam o autoexame para as mulheres, é aconselhado que você examine seus animais quando estiverem relaxados.

O exame consiste em realizar a palpação no animal procurando por nódulos, pequenas bolinhas ou qualquer anomalia.

Sinais e sintomas

Os principais sintomas encontrados são:

- Dores

- Inchaço

- Aumento das mamas

- Nódulos

- Presença de secreções

Se algo for encontrado deverá ser levada imediatamente ao veterinário para que possa ser examinada melhor. Algumas pessoas esperam que aumente o tamanho para então procurar o médico, sendo isso um procedimento muito errado. Pois como dito anteriormente, quanto mais cedo for realizado o diagnóstico, mais fácil será para fazer o tratamento.

Câncer de Mama em Cadelas e Gatas

Tratamento

Se o tumor estiver crescendo muito rápido as chances são grandes de ser um tumor maligno. E se o mesmo não for retirado poderá ocorrer a metástase. Ou seja, as células cancerígenas se infiltraram em outro tecido.

Após ser identificada com tumor, o animal irá realizar alguns exames como ultrassom, raio-x e exames de sangue. Só então será feita a retirada do nódulo.

Tendo a possibilidade que seja retirada uma mama apenas ou todas as mamas de um, ou até mesmo todas elas. Se realizado logo o diagnóstico a cirurgia será menos agressiva.

Dependo se o câncer for muito maligno, o veterinário pode recomendar a associação com remédios quimioterápicos. 

Podendo citar os enjoos, a queda dos pelos, vômitos e diarreias. Isso acontece devido a ação do remédio que ataca algumas células do corpo. Poucas clinicas veterinárias alertam sobre esta doença nesses animais.

O outubro Rosa também é dedica as gatas e cadelas em algumas clinicas como forma de campanha informativa, para que seus donos fiquem atentos em relação a seus animais para que façam os exames.

A realização do exame explicado no início tem propriedade preventiva, ou seja, prevenir que a doença progrida para identificar e tratar o câncer de mama nos cães e gatos.

Resultado de imagem para cancer de mam em pet



Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação