×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCulturaVariedadesEleiçõesBrasil

SANTUÁRIO: Zeus é o primeiro animal a completar a rota Caminhos de Caravaggio

Pastor Alemão de 1 ano e meio percorreu, ao lado de sua dona Adriana Reis, os quase 200 quilômetros de distância do roteiro turístico entre as cidades de Canela e Farroupilha

25/09/2020 09:01

No livro de assinaturas que consta a sequência de todos os nomes dos romeiros que já percorreram os quase 200 quilômetros do roteiro turístico Caminhos de Caravaggio, na Serra Gaúcha, o número 196 é inusitado e bastante especial. Isso porque está o nome de Zeus, um pastor alemão porto-alegrense de 1 ano e meio e que é o primeiro animal a concluir o trecho que liga os Santuários de Canela a Farroupilha. Junto de sua dona, a guia turística Adriana Reis, eles caminharam por nove dias até que a dupla despontasse na Esplanada do Santuário de Farroupilha para a esperada chegada repleta de emoção, cansaço e superação. A dupla concluiu o roteiro no dia 17 de setembro.

Adriana desafiou-se a fazer parte dos romeiros do Caminhos de Caravaggio após ter percorrido por cinco vezes o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Ela é, inclusive, presidente da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela no RS. Nas cinco vezes que percorreu Santiago de Compostela, sempre avistou peregrinos que concluíam as caminhadas junto de mascotes, o que a fez criar o sonho de repetir a iniciativa por aqui. “Eu fui muito bem recebida nas oito pousadas que parei. Por isso, eu avisei aos donos de pousadas: é legal que estejam preparados para receber outros pets, porque o Zeus é o primeiro, mas não será o último a fazer o Caminhos de Caravaggio”, adiantou Adriana.

Zeus ganhou até certificado de caminhada, entregue a todos os romeiros que concluem o trajeto - e o dele, claro, é carimbado com um desenho de quatro patas. Antes de iniciar a aventura, Adriana se certificou com o adestrador sobre a capacidade de caminhada diária do animal e quais os cuidados especiais que deveria ter. “Eu andava com bastante água armazenada todos os dias, e antes de chegar em cada pousada, ligava e pedia que os proprietários providenciassem peito de frango, ovos e outros alimentos que ele gosta junto da ração”, explica. O repouso de Zeus também merecia tratamento especial, já que ele descansava cerca de 12 horas diárias em sono profundo, sempre ao lado da cama de Adriana.

Além de vestir uma capa de chuva nos dias de bastante instabilidade do clima da Serra Gaúcha, Zeus cumpriu o roteiro com uma espécie de mochila pendurada. Nesta mochila, escova de cabelo e perfume estavam entre os itens que garantiam a higiene diária do mascote. “Eu senti que ele se divertiu comigo. Ele nunca tinha visto alguns animais, como o porco, por exemplo. A reação dele era incrível! Quando chovia e a terra ficava fofa, ele caminhava saltitando”, descreve Adriana.

A experiência foi intensa, marcante e certamente será propagada para os amigos de Adriana, que indica a imersão ao roteiro em uma caminhada marcada pela religiosidade, fé, devoção a Caravaggio e muita superação física e emocional. “É uma sensação muito forte que temos em cada parada, e especialmente, na última subida ao Santuário. Ao contrário de outras caminhadas que faço escutando música, desta vez, dispensei e cantei, ouvi barulho de água, de pássaros. Senti a paz, conversei com o Zeus. Jamais esquecerei desta experiência, recomendo e indico a todos”, conclui a guia porto-alegrense.

PARTICIPE

O que é: roteiro turístico Caminhos de Caravaggio, que liga os Santuários de Canela, situado na localidade de Saiqui, até o Santuário de Farroupilha.

Onde: Os Caminhos de Caravaggio passam pelos municípios de Canela, Gramado, Nova Petrópolis, Caxias do sul e Farroupilha.

Como participar: todas as informações estão disponíveis no Guia do Romeiro. É o viajante que deve organizar as hospedagens e reservas. O site do roteiro turístico reúne todas as informações para quem decide participar.

Duração: recomenda-se, em média, que o romeiro percorra 20 quilômetros por dia, totalizando 10 dias de caminhada. No entanto, quem dita o ritmo é o caminhante! Na chegada, o caminhante recebe um certificado e ainda pode tocar o Sino do Peregrino, simbolizando a chegada.

Fotos: Leandro Ávila/Divulgação - Fonte: Divulgação