×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Hackers tentam roubar dados de internautas com "promoção da Heineken"

Mensagem de Whatsapp diz que a Heineken estaria doando quatro barris de cerveja para a pessoa que clicar no link. Porém, a promoção não existe.

17/04/2020 02:07

Infelizmente, golpistas e hackers estão aproveitando a pandemia de coronavírus para dar golpes e se dar bem. Alguns dos mais comuns, são os golpes usando grandes marcas para pegar dados de internautas via WhatsApp. Dessa vez, uma mensagem que circula diz que a Heineken estaria doando quatro barris de cerveja para a pessoa que clicar no link. A empresa, no entanto, informa que a promoção não existe, que é falsa.

A mensagem pode enganar ainda mais o usuário porque, ao clicar no link, o template simula um site da Heineken. No entanto, é preciso ter muito cuidado. Essas mensagens sinalizam ser o chamado "phishing", termo usado para golpes aplicados por criminosos para pegar dados dos usuários.  

"Todas as ações e promoções do Grupo Heineken no Brasil são divulgadas nos canais oficiais das marcas e podem ser confirmadas pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor, pelo 0800 888 1010, ou pelo e-mail sac@heineken.com.br", diz o desmentido da empresa.  

Desde que a pandemia de coronavírus se intensificou pelo Brasil e pelo mundo, várias mensagens falsas começaram a circular em grupos de conversas e pelas redes sociais. A coluna já desmentiu que a Ambev iria parar sua produção de bebidas por conta do vírus. Também informou que era falso que a Cacau Show iria dar ovos de Páscoa para quem ficasse em casa. 

No início do mês, o WhatsApp restringiu, novamente, o encaminhamento de mensagens, em um esforço para conter a expansão de notícias falsas sobre a pandemia de coronavírus. Segundo a nova política, o usuário só pode reenviar certas mensagens a uma "conversa" por vez, a fim de impedir a propagação rápida de conteúdo alarmante e que possa ser falso. 


Fotos: Divulgação - Fonte: NB Notícias