×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaBairrosCulturaVídeosEmpresas e Entidades

Smartphones com sistema Android adiantam relógio em uma hora

Donos de aparelhos acordaram na manhã deste domingo, 3 de novembro, com horários adiantados em seus celulares.

03/11/2019 10:03

Mesmo com a extinção do horário de verão por meio de decreto do presidente Jair Bolsonaro em abril deste ano, centenas de usuários do sistema Android afirmaram nas redes sociais na madrugada de 20 de outubro e neste domingo, 3 de novembro, que os relógios de seus celulares adiantaram uma hora automaticamente. 

O problema foi alertado pelo Google nos dois casos: "Para os aparelhos que não forem impactados no dia 20 de outubro, existe a possibilidade de que a mudança automática aconteça no dia 3 de novembro, já que a regra mudou em 2018", diz  nota em seu blog. Como o domingo é dia de aplicação da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, é preciso que os usuários de smartphones fiquem atentos.

Isso porque o início da vigência do horário de verão havia mudado em 2018 por um decreto do ex-presidente Michel Temer e sido agendado para 3 de novembro de 2018. Segundo a postagem do Google, as modificações realizadas pelos dois governos impactam o Banco de Dados Global da Autoridade para Atribuição de Números de Internet (IANA, na sigla em inglês), utilizado por smartphones para garantir a hora certa do lugar onde o usuário estiver. "Na prática, isso significa que alguns celulares possivelmente não tenham a informação necessária para evitar que o relógio dos aparelhos seja alterado automaticamente como se o horário de verão ainda estivesse valendo", diz o informativo. 

Como fazer para reverter o horário

Entre no menu Configurações e procure o item chamado "Sistema", depois, escolha "Data e Hora" ou algo similar (em alguns aparelhos talvez não seja necessário passar pelo menu "Sistema"). Desative as opções "Data e hora automáticas" e "Fuso horário automático".

A recomendação é de manter essa configuração nos aparelhos até 16 de fevereiro de 2020, quando o horário de verão chegaria ao fim se estivesse em vigência. Os aparelhos que não tiverem mudanças no horário já foram atualizados pelos fabricantes, ou estão seguindo regras enviadas pelas operadoras de telefonia, diz o Google.



Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação