×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaCulturaVídeosEmpresas e EntidadesBairros

Saiba detalhes como ficará a nova geração da picape Fiat Strada

Picape deverá ser lançada no início de 2020 com a cara do pequeno Mobi e componentes do Argo tanto na parte estrutural quando de equipamentos.

19/04/2019 10:56

Um dos modelos mais vendidos da Fiat vai mudar e deverá chegar às lojas a partir do ano que vem. Trata-se da nova geração da picape Fiat Strada, que ganhará frente parecida com a do subcompacto Mobi, como mostra a projeção do designer Kleber Silva.

Lançada em 1998, a Fiat Strada passou por cinco reestilizações e agora, enfim, ganhará uma série de novidades. Começando pelo desenho, o utilitário terá vários itens vindos do Mobi na dianteira, exceto pelo para-choque que será exclusivo para o carro ficar com aspecto mais robusto.

Na traseira, as lanternas seguirão o estilo adotado nas que equipam a picape Toro, da qual também herdará a linha de cintura alta, o que é um aspecto que ajuda a deixar o utilitário com ares mais arrojados. 

Por dentro, é dado como certo que haverá a central multimídia que começou a ser usada da linha Argo , com tela de alta resolução, sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple Car Play. Deverão ser oferecidas versões de cabine simples ou dupla.

No conjunto mecânico, finalmente serão adotados os novos motores FireFly, com destaque para o 1.3, capaz de render 109 cv e 14,2 kgfm de torque a 3.500 rpm com apenas etanol no tanque, que poderá funcionar com câmbio manual de cinco marchas ou automático, do tipo CVT, de acordo com o site Autos Segredos. A decisão de adotar o CVT significa que a Fiat vai deixar de usar a caixa automatizada Dualogic. Esse tipo de sistema, de custo menor, não é mais aceito no Brasil. Tanto que todas as fabricantes já deixaram de oferecê-lo no País.

Ainda conforme o Autos Segredos, a nova Fiat Strada terá a suspensão dianteira baseada no projeto do hatch Argo, mas com reforços estruturais para ficar mais robusta. Na traseira, a picape continuará usando o mesmo eixo rígido da geração atual. 

 Acima da Fiat Strada

protótipo da picape Volkswagen Tarok, azul, rodando na estrada

A nova Fiat Strada será um dos únicos modelos do segmento, uma vez que a maioria das fabricantes estão apostando suas fichas em carros de porte um pouco maior, compatível com o da Toro e da Renault Oroch. A GM é uma delas, já que terá um utilitário entre a Montana e a S10,a partir de meados de 2020.

A Volkswagen também entrará no terreno das picapes intermediárias, maiorres que a F iat Strada .  Estamos falando da Tarok, que deverá ser fabricada na Argentina, a partir de 2021. Sua versão conceitual foi mostrado no Salão do Automóvel, em novembro último.

Fotos: Divulgação - Fonte: carros.ig.com.br