×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetFotosViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Preço da emissão de passaporte deve ficar mais barato

Quebra do monopólio do serviço feito pela Casa da Moeda deve garantir a redução dos valores até 2022.

06/11/2019 09:03

O preço para a emissão de passaporte no Brasil deve ficar mais baixo nos próximos anos. A informação é de que a emissão do documento deixe de ser um monopólio da Casa da Moeda, como é hoje. A previsão é de que o serviço seja disponibilizado para mais empresas até 2022.

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 5 de novembro, pelo ministro Jorge Oliveira, da Secretaria-Geral da Presidência. Segundo ele, as tarifas para emissão de passaporte serão reduzidas em virtude da quebra do monopólio da Casa da Moeda, que possibilitará a realização de concorrência no setor. Oliveira, no entanto, não detalhou a expectativa de economia com a redução do preço emissão de passaporte. Segundo o ministro, o processo será conduzido pela Receita Federal.

A Casa da Moeda realiza a emissão de moedas metálicas, cédulas, passaportes e selos, e a quebra de monopólio da Casa da Moeda foi uma das medidas anunciadas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) nesta terça-feira (5), em cerimônia no Palácio do Planalto em comemoração aos 300 dias de governo. A estatal faz parte da lista de empresas passíveis de privatização até 2022.

Fotos: Divulgação - Fonte: Divulgação