×SegurançaGeralViver BemCasa e DecoraçãoComer e BeberModa e EstiloVeículosQuem somosEsporteSeu PetRegiãoViagensTecnologiaVídeosEmpresas e EntidadesBairrosCultura

Sonhos ajudam a manter a memória em dia

Lembrar dos sonhos é um dos indicadores de boa noite de sono. Você lembra dos seus sonhos ao acordar?

03/05/2020 12:08

Muitos fatores que envolvem os sonhos ainda são um mistério para a medicina. A presença do inconsciente, a importância dos sonhos e a necessidade humana em tê-los, mesmo no século 21, ainda são partes obscuras e objetos de estudo. Contudo, em um fator os médicos concordam: os indivíduos que lembram dos sonhos conseguem manter uma memória saudável e têm uma capacidade maior para fixar na mente eventos e informações imprescindíveis.

Para a medicina, é certo que todas as pessoas sonham, tirando raros casos de lesões cerebrais em regiões do encéfalo onde os sonhos são processados. A diferença, portanto, é que algumas pessoas conseguem se lembrar com maior facilidade deles, ativando e melhorando sua memória.

Sigmund Freud, conhecido como o pai da psicanálise, dizia que os sonhos eram manifestações disfarçadas de desejos inconscientes. Essa teoria não é negada nem aceita pela medicina, já que não houve uma comprovação experimental dos achados e das pesquisas de Freud.

Os sonhos geralmente ocorrem em fase de sono consolidado e, portanto, quem se recorda deles sabe certamente que está atingindo um patamar de repouso que permite ao corpo se regenerar para o dia seguinte.

Embora consolide o processo de construção da memória, de acordo com a ciência, os sonhos não passam de códigos recebidos pelo nosso subconsciente durante o dia que, durante a noite, se expõe como sonhos para a nossa mente adormecida.

Em algumas vertentes isso pode ser considerado também como um pico de criatividade durante o sono, por mais que essa segunda tenha menos embasamentos científicos. Ou seja, de certa forma, o nosso cérebro recolhe fragmentos pequenos das nossas vivências do dia para que isso se converta em sonhos durante a noite. Ainda assim, sabemos que os sonhos não se relacionam apenas com coisas que vivemos, mas também com coisas que pensamos.

Desde sempre os sonhos são vistos de dois ângulos diferentes: o dos cientistas e o dos esotéricos. Isso tem dividido muito as opiniões acerca do mundo dos sonhos, por isso é importante saber de qual dos dois lados você se encaixa. Os sonhos podem trazer significados, segundo os esotéricos, mensagens para o nosso eu, podem servir para esclarecer dúvidas, trazer previsões ou até mesmo para nos fazer recordar de traumas vividos no passado.



Fotos: DIvulgação - Fonte: Divulgação